Vitaminas ajudam a proteger a visão



os cuidados com a visão vão muito além dos hábitos de higiene em volta dos olhos. Você pode não se dar conta, mas o que vai no seu prato diariamente também ajuda a preservar a saúde ocular ou potencializar problemas que só serão percebidos no futuro. Por isso, especialistas em saúde recomendam investir, sem medo, na ingestão de alimentos ricos em vitaminas de todos os tipos. São esses micronutrientes que vão fortalecer o organismo contra a degeneração da retina.

A primeira que deve ser a queridinha dos dias de feira é a vitamina C, uma velha conhecida contra o mal da gripe. Segundo pesquisas recentes, por conta do seu efeito antioxidante, capaz de combater radicais livres, sua presença no organismo também auxilia na produção de colágeno e no fortalecimento da imunidade, tornando-se um poderoso aliado contra doenças como glaucoma. Além disso, está presente em ingredientes de fácil acesso no mercado, a exemplo de frutas cítricas, tomates e vegetais de folha verde. Para a oftalmologista do Instituto de Olhos do Recife (IOR), Priscila Andrade, a ingestão das vitaminas do bem não para por aí. O tipo A, por exemplo, desempenha um papel importante na visão noturna. Já o Complexo B é fundamental no combate às inflamações crônicas e doenças da retina. “As pessoas devem consumir alimentos ricos em ômega 3, luteína e betacaroteno. Os peixes, por exemplo, são ricos em ômega 3 e ômega 6 como também em vitaminas A, B6, B12, C, D e E, além de minerais. Os que fazem bem à saúde ocular e protegem a retina são salmão, atum, truta, além de anchovas e cavala”, orienta.

Embora todos esses produtos sejam abundantes no Brasil, 98% das pessoas não consome uma quantidade adequada de nutrientes presentes em cada um deles, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a carência de vitamina A, por exemplo, atinge 63% das meninas com idade entre 10 e 13 anos e 83% da população masculina de 14 a 18 anos. Mas, você, leitor, talvez não saiba que a cenoura é outro alimento que faz bem aos olhos. “Tanto as cenouras quanto as demais frutas e legumes de cor alaranjada são ótimas para a visão. Isso porque o betacaroteno, que é um antioxidante natural, é uma das formas indiretas de se obter a vitamina A e contribui para que a retina e outras partes do olho funcionem sem problemas”, garante a oftalmologista.


Prevenção - Quem tem carência de vitaminas pode sentir, no mínimo, o olho mais seco do que o comum e cegueira noturna - definida pela dificuldade de enxergar à noite. É que sem o micronutriente A, por exemplo, o corpo diminui a produção da rodopsina, uma proteína que está presente nas células dos olhos responsável por ajudar a diferenciar escuro e claro. Além disso, é bom ficar atento ao risco dos alimentos gordurosos e de baixo valor nutricional. É um fator de risco para a progressão, por exemplo, da Retinopatia Diabética (RD). “Associado ao prognóstico da doença está o mau controle glicêmico. Mas, independente do estágio da doença, é indispensável rever o cardápio com o auxílio do nutricionista e endocrinologista para controlar a glicemia, colesterol e triglicerídeos”, explica Andrade.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HOMEM E VÍTIMA DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM GARANHUNS

Sargento que ejaculou em mulher dentro de ônibus é expulso da PM

Começou às 15h desta quarta-feira (14) o depoimento do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT)