Governo de Pernambuco decreta cinco dias de luto pela morte de Guilherme Uchoa



O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, decretou cinco dias de luto oficial no Estado após a morte do presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Guilherme Uchoa, aos 71 anos, decorrente de uma pneumonia. Em nota oficial, o socialista classificou o aliado como "um parceiro fundamental", tanto de sua gestão quanto da do ex-governador Eduardo Campos.


De acordo com o governador, o parlamentar foi um grande parceiro do Governo do Estado aprovando projetos importantes para o povo de Pernambuco enviados para a Alepe. "Quero prestar a minha solidariedade cristã e os meus sinceros sentimentos à toda sua família, em especial a Dona Eva, filhos e netos", afirmou Câmara em nota de pesar. "Ele fará uma grande falta à política de Pernambuco. Sua liderança marcou época nos últimos anos", completou. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma operação deflagrada pela DEIC culminou no confronto de onze suspeitos de cometer o assalto ao banco Bradesco de Águas Belas, Pernambuco,

Mortos pela polícia são Suspeitos de roubar bancos e até shopping; veja identificação

HOMEM E VÍTIMA DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM GARANHUNS