BLOG  GARANHUNS ONLINE

Na Reta Da Notícia WWW.BLOGGARANHUNSONLINE.COM.BR

1

   
 
                                                             Eloisa Adair
                                                                                       
                                                             Márcia SOLTO

                                                                   Ze RICARDO

De 26 a 28 de julho, realizadores de importantes festivais de música e outros profissionais deste mercado estarão em Garanhuns para uma série de discussões com os artistas pernambucanos


Pelo segundo ano consecutivo, o Festival de Inverno de Garanhuns vai realizar a Plataforma FIG, espaço de circulação da produção cultural pernambucana em conexão com outros territórios e novos mercados. Entre os dias 26 e 28 de julho, os diversos profissionais da cadeia produtiva da música do estado poderão ter um contato mais próximo com agentes do mercado da música, além de produtores, jornalistas, curadores, empresários e gestores culturais de todo o Brasil.


Para participar da Plataforma FIG, os interessados devem realizar uma inscrição bem simples através de um link disponível no MapaCultural de Pernambuco. De acordo com Andreza Portella, coordenadora de Música da Secretaria de Cultura de Pernambuco, "a iniciativa tem a proposta de estabelecer um diálogo direto entre a cena da música pernambucana e realizadores, gravadoras, distribuidoras e diversos outros profissionais deste mercado, uma oportunidade muito rica para troca de ideias e surgimento de novos negócios”.


Na quinta-feira (26), às 14h, será realizado o debate Políticas para Música, com a participação de gestoras como Dani Diniz, assessora de Políticas Culturais da Secretaria de Cultura do Distrito Federal, e Márcia Souto, presidente da Fundarpe, com mediação de Tarciana Portella, gerente de Formação e Capacitação da Fundarpe.


Às 16h, será o momento Tim Tim por Tim Tim do Direito Autoral, com Flávia César (Warner Chappel), Márcia Gonçalves Xavier de Silva (UBC-Recife), Adriano Araújo (Advogado especialista em direito autoral) e mediação de Heloísa Aidar (Editora e Gravadora Pommelo). Às 17h30, está prevista uma apresentação do Rio2C 2019, com a presença de Zé Ricardo (curador de Música da Rio2C e Diretor Artístico do Palco Sunset Rock in Rio), e Rafael Lazarini (criador do Rio2C).


Na sexta-feira (27), às 10h, o encontro Editais Nacionais para Música vai reunir Fernanda Paiva (Natura Musical), Luciana Adão (Oi Futuro) e André Brasileiro (Coordenador Geral do 28º FIG) para discutir o tema. Em seguida, às 14h, o debate O Sucesso da Empreitada Digital vai trazer à mesa nomes como Ligia Lima (Youtube), Fábio Santana (Deezer) e Arthur Marques (Altafonte), com novamente a mediadora Heloisa Aidar. Às 16h, Fabi Pereira (Faro MPB), Kamille Viola (Jornalista cultural), Pedro Antunes (Estadão) e Bruno Albertim (Jornal do Commercio) se encontram para discutir sobre Cultura e Comunicação.


No sábado (28), às 14h, a atividade Empreendedorismo Desafiando Limites reunirá Ana Garcia (Festival Coquetel Molotov), Luciana Simões (Festival BR 101), Mery Lemos (Festival Capibaribe de La Plata), Bina Zannetti (Festival Psicodália) e mediação de Priscila Melo (Eletrônica Viva). Às 16h, está prevista uma rodada de negócios com convidados como Rolinha (Circo Voador), Gabriel Murilo (Festival Música Mundo) e todos os diversos participantes na programação do encontro.

PROGRAMAÇÃO PLATAFORMA FIG 2018

26 a 28 de Julho
Local: Auditório do Hotel Garanhuns Palace

Quinta-feira (26)


14h - Políticas para Música

Dani Diniz (Assessora de Políticas Culturais da Secretaria de Cultura/DF)
Márcia Souto (Presidente da Fundarpe)
Mediadora - Tarciana Portella (Gerente de Formação e Capacitação da Fundarpe)

16h - Tim por Tim Tim do Direito Autoral

Flávia César (Warner Chappel)
Márcia Gonçalves Xavier de Silva (UBC-Recife)
Adriano Araújo (Advogado especialista em direito autoral)
Mediadora: Heloísa Aidar (Editora e Gravadora Pommelo)


17h30 – Apresentação Rio2C 2019

Zé Ricardo (Curador de Música da Rio2C e Diretor Artístico Palco Sunset Rock in Rio)
Rafael Lazarini (Criador do Rio2C)



Sexta-feira (27)

10h - Editais Nacionais para Música
Fernanda Paiva (Natura Musical)
Luciana Adão (Oi Futuro)
Mediador - André Brasileiro (Coordenador Geral do 28º FIG)


14h - O Sucesso da Empreitada Digital

Ligia Lima (Youtube)
Fábio Santana (Deezer)
Arthur Marques (Altafonte)
Mediadora - Heloisa Aidar (Pommelo)


16h - Cultura e Comunicação

Fabi Pereira (Faro MPB)
Kamille Viola (Jornalista cultural)
Pedro Antunes (Estadão)
Mediador - Bruno Albertim (Jornal do Commercio)


Sábado (28)

14h - Empreendedorismo Desafiando Limites

Ana Garcia (Festival Coquetel Molotov)
Luciana Simões (Festival BR 101)
Mery Lemos (Festival Capibaribe de La Plata)
Bina Zannetti (Festival Psicodália)
Mediadora - Priscila Melo (Eletrônica Viva)

16h – Rodada de Negócio

Convidados como Rolinha (Circo Voador), Gabriel Murilo (Festival Música Mundo) e os demais participantes da programação 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

GLOBONEWS AO VIVO HD AGORA 21/03/2019 �� EX-PRESIDENTE MICHEL TEMER ESTÁ PRESO !!!! (LAVA JATO)

Boneca Momo retorna em vídeos infantis incitando suicídio de crianças



Uma das maiores preocupações dos pais no segundo semestre do ano passado foi a boneca Momo. Pois os eles devem novamente ficar atentos. Agora, imagens aleatórias da Momo estão aparecendo em vídeos infantis populares na internet. Nos vídeos, a personagem interrompe a exibição com mensagens assustadoras, incitando as crianças a cometerem suicídio.

Uma reportagem publicada na Revista Crescer relatou o caso de um vídeo em inglês, em que uma criança brinca de slime (massa gelatinosa e maleável muito popular no meio infantil) quando as imagens são interrompidas. Então, a Momo aparece e ensina passo a passo como cortar os pulsos. A matéria conversou com um casal que afirmam ter recebido o vídeo em um grupo do WhatsApp. A filha, de oito anos, já teria assistido à cena três vezes.

Os pais da menina teriam colocado um filtro restringindo o acesso da filha ao conteúdo infantil do YouTube. Procurada, a plataforma declarou não ter encontrado nenhuma evidência da presença da Momo nos vídeos hospedados no site.
A boneca Momo

Assim como o desafio da baleia azul a boneca Momo é mais uma corrente que circulou pelo WhatsApp e outras redes sociais. A imagem associada a esse personagem é, na verdade, uma escultura que está situada numa galeria em Tóquio. Sua aparência macabra tem sido usada por pessoas do mundo inteiro para assustar crianças e adolescentes, além de arrancar informações pessoais e, em última instância, propor desafios que podem lhes custar a vida.

Em Extremoz, na Região Metropolitana de Natal, uma menina de 12 anos teria se suicidado em agosto do ano passado depois das interações com a personagem. Em Pernambuco, no Recife, um menino de nove anos de idade foi encontrado enforcado no quintal de casa no dia 16 de agosto de 2018. Ele também teria sido influenciado pela Momo. Na Paraíba também houve um caso em que a família relatou ter recebido mensagens de texto com ameaças com foto de perfil da boneca eletrônica.
fonte 

Mourão: expectativa é aprovar reforma da Previdência este semestre



Depois de participar de almoço na sede do governo paulista, o presidente da República em exercício, general Hamilton Mourão, disse hoje (18) que a expectativa do governo é de que a reforma da Previdência seja aprovada entre o final deste semestre e o início do próximo.

“Contamos com o apoio de São Paulo e de sua bancada na busca de aprovação dessa reforma, se Deus quiser, e tudo correr bem, até o final deste semestre e início do próximo semestre”, disse Mourão. “Com isso, nosso país estará em uma situação muito mais positiva”, ressaltou.

Mourão defendeu que mudanças nas regras previdenciárias são responsabilidade desta geração que deve buscar convergências para aprovação do projeto.

“A reforma da Previdência, nós já temos muito clara como ponto de partida para a reformulação pretendida para o nosso país. Se não fizermos nada, as gerações que aqui estão representadas irão olhar para a gente e dizer: 'onde é que vocês estavam que não fizeram nada?'. É nossa responsabilidade levar isso à frente, buscar a convergência de ideias e, a partir delas, iniciar um ciclo virtuoso de atração de investimentos e das outras reformas que serão necessárias para atingir o equilíbrio fiscal e entrarmos em um crescimento sustentável”, disse Mourão.

Anfitrião do encontro, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou apoio incondicional à reforma.

“Debatemos basicamente dois temas. O primeiro deles e mais importante: a reforma da Previdência. Reafirmamos ao general Mourão, presidente da República em exercício, nosso apoio incondicional à reforma da Previdência no âmbito do Congresso Nacional e com a bancada de São Paulo”, destacou Doria.

Segundo o governador, a reforma “é balizadora, transformadora e pode modificar o destino do Brasil para melhor, gerando emprego, renda e investimentos, permitindo solução fiscal para o país”, ressaltou.

O outro tema discutido durante o almoço foram os investimentos do governo federal no estado nas áreas de infraestrutura, em especial, no campo ferroviário e nos programas de desestatização, disse Doria. “E nos programas de cooperação, na área social e na área econômica, nos campos de saúde, educação, habitação popular, segurança pública e assistência social”, ressaltou Doria.

“O presidente [Jair] Bolsonaro tem uma visão muito clara sobre o relacionamento positivo que temos que ter com todos nossos governadores e mais de 5 mil prefeitos no Brasil”, disse Mourão.

Doria destacou que o almoço não foi um encontro político. “Nosso encontro aqui não foi político, mas voltado para uma pauta de desenvolvimento econômico e de atendimento social. Não temos alinhamento partidário com o partido do presidente Jair Bolsonaro e nem é preciso. Temos alinhamento com o Brasil”, ressaltou.

Mourão participa ainda hoje, em São Paulo, de uma conferência com CEOs, promovida pela embaixada da Suécia, e de um jantar com a comunidade israelita.
(Fonte agencia Brasil)

Ciclone atinge a África e deixa mortos em Moçambique



Ventos de 100 quilômetros por hora, chuvas intensas e trovões atingiram Moçabique, Malawi e Zimbábue, no Continente Africano. Em Moçambique, aldeias inteiras desapareceram. Pelos últimos dados, 84 pessoas morreram no país. Porém, o governo estima que o númnero pode chegar a mil vítimas mortais.


Só na Beira, segunda cidade de Moçambique, estão confirmados 68 mortos e mais de 1.300 feridos. Cinco mil pessoas foram afetadas pelo furacão Idai, que atingiu o centro do país, antes de seguir para o vizinho Zimbábue, onde havia registro de 89 pessoas mortas.

O presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, disse que o país enfrenta uma tragédia de escala “gigantesca”. “Mais de 100 mil pessoas correm risco de vida. Nós vimos corpos na água. É um verdadeiro desastre humanitário”, lamentou Nyusi, acrescentando que “a prioridade é agora salvar vidas e já hoje [segunda-feira] foi possível salvar mais de 400 pessoas das zonas inundadas”.

Imagens aéreas difundidas pela organização Mission Aviation Fellowship mostravam esta segunda-feira dezenas de pessoas que procuraram refúgio nos topos de edifícios completamente cercados pela água.
(Fonte agencia Brasil)

Começa hoje prazo para eleitor faltoso evitar cancelamento do título


Da Agência Brasil


O prazo para quem não votou nem justificou a falta em pelo menos três votações seguidas regularizar sua situação começa nesta quinta-feira (7). Para isso, é preciso pagar as multas referentes às ausências, bem como comparecer a um Cartório Eleitoral para apresentar, além do título, um documento com foto e um comprovante de residência.

Para somar as três faltas, são contados também os turnos de votação. Também são contadas as eleições suplementares, convocadas quando o pleito oficial é anulado devido a irregularidades. Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mais de 2,6 milhões de pessoas podem ter o título cancelado caso não resolvam a situação.

Os nomes dos faltosos começaram a ser divulgados em 20 de fevereiro e podem ser consultados nos cartórios eleitorais de todo o país. O prazo para a regularização vai até 6 de maio.

O cancelamento do título pode acarretar uma série de problemas. A pessoa fica, por exemplo, impedida de obter passaporte e carteira de identidade, de receber salário de função ou emprego público e/ou de participar de concorrência pública ou administrativa estatal.

O faltoso fica ainda impossibilitado de obter empréstimos em instituições públicas, de se matricular em instituições de ensino e de ser nomeado em concurso público.

Não terão os títulos cancelados aqueles que não são obrigados a votar, sendo seu comparecimento às urnas facultativo, como as pessoas entre 16 e 18 anos e acima de 70 anos. Também não estão sujeitos à medida os portadores de deficiência a quem seja impossível ou extremamente oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais.

Polícia divulga retrato falado de segundo suspeito de ferir foliões no Recife




Retrato falado do segundo suspeito de agredir pessoas com agulhas, durante o carnaval no Grande Recife, foi divulgado nesta segunda-feira (11) — Foto: Reprodução/PCPE

A Polícia Civil divulgou, nesta segunda-feira (11), o retrato falado de um segundo suspeito de furar foliões com agulhas durante o carnaval 2019. O homem descrito por uma das vítimas aparenta ter 25 anos e foi visto durante o domingo (3), em Olinda. O retrato falado de outro suspeito foi divulgado sexta (8).

Dois homens são suspeitos de ferir foliões com agulha durante o carnaval no Grande Recife — Foto: PCPE/Divulgação

Cerca de 190 pessoas procuraram atendimento médico com relatos de agressões por agulhas. Todas foram atendidas no Hospital Correia Picanço, no bairro da Tamarineira, na Zona Norte do Recife, mas não tiveram os resultados dos exames divulgados.


Até esta segunda (11), a Polícia Civil registrou sete boletins de ocorrência. "Pedimos que a população compareça às delegacias ou procure o Disque Denúncia", afirma o delegado Ivaldo Pereira, da Diretoria Integrada Metropolitana.


O homem retratado nessa segunda imagem foi visto duas vezes pela vítima. Segundo o relato, ele estava vestido de anjo.


"Nesse segundo retrato, a vítima relatou ter sentido a agulhada, mas não viu nenhum objeto. Ela só percebeu a coincidência quando uma amiga sentiu a agulhada e a vítima viu o mesmo rapaz", conta a perita papiloscopista Solange Silva, responsável pela confecção do segundo retrato falado.

Fonte G1