Atos em defesa da liberdade do ex-presidente Lula movimentam Brasília



Às vésperas do fim do prazo de registro de candidaturas, movimentos sociais estão em Brasília para mostrar apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - preso desde 7 de abril. Além de reivindicarem a liberdade do petista, o objetivo dos atos, organizados pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Via Campesina e outros movimentos sociais, é pressionar a Justiça para garantir a sua candidatura. 

Os atos estão acontecendo simultaneamente na capital federal. Militantes de movimentos populares percorreram cerca de 50 km das cidades satélites até o Plano Piloto, onde descansarão para participar dos atos. A marcha, dividida em três colunas, se iniciou no dia 10 de agosto nas cidades de Formosa (GO), Luziânia (GO) e Engenho das Lages (DF). Está marcado para quarta-feira (15), Às 14h, na frente do Supremo Tribunal Federal, um ato para acompanhar a comitiva que levará o registro do ex-presidente ao TSE.

Não tenho mais nenhuma dúvida da partidarização do poder judiciário do Brasil. Isso ficou evidente. O processo que levou Lula à prisão é um processo sem prova nenhuma Essa pena fajuta que Lula está cumprindo não impede que ele seja candidato”, afirmou a deputada estadual Teresa Leitão (PT), que viajará nesta terça para participar dos atos em Brasília. Teresa defendeu o direito de Lula ser candidato. “O registro vai ser feito. Porque se a gente não fizer o registro perde uma oportunidade de ganhar a possibilidade de Lula ser candidato. Existe a possibilidade e vamos com ela até o fim”, disse. 

A Marcha Lula Livre faz parte de um conjunto de manifestações pelo país em defesa do ex-presidente como o Festival Lula Livre no Rio de Janeiro, o acampamento da juventude em Goiás e a greve de fome de sete militantes dos movimentos sociais no Centro Cultural de Brasília.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma operação deflagrada pela DEIC culminou no confronto de onze suspeitos de cometer o assalto ao banco Bradesco de Águas Belas, Pernambuco,

Mortos pela polícia são Suspeitos de roubar bancos e até shopping; veja identificação

HOMEM E VÍTIMA DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM GARANHUNS