BLOG GARANHUNS ONLINE


 

BLOG GARANHUNS ONLINE

6/recent/ticker-posts script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Ciclistas realizam protesto contra mortes nas estradas de Pernambuco

                  Ciclistas saíram em direção ao Palácio do Campo das Princesas, por volta das 8h30. Crédito: Alice de Souza/DP

Para pedir mais segurança nas cidades e estradas, melhor infraestrutura cicloviária e mais respeito no trânsito, uma multidão levou suas bicicletas ao Bairro do Recife, na manhã deste domingo (13). Cerca de 5 mil ciclistas se uniram para protestar e cobrar o poder público por soluções eficientes que garantam tanto a prática do ciclismo como esporte de aventura como o uso das bikes como modal de deslocamento. De acordo com os organizadores do movimento, pelo menos seis ciclistas perderam a vida no estado, desde dezembro do ano passado, em função do desrespeito ao direito de pedalar.

O grupo se reuniu no Marco Zero, por volta das 7h, e saiu em direção ao Palácio do Campo das Princesas, no Bairro de Santo Antônio, onde espera ser recebido por representantes do governo. De acordo com a cerimonialista Taciane Dias, 33 anos, uma das organizadoras do protesto, desde dezembro morreram ciclistas atropelados nas cidades de São Bento do Una, Ribeirão, Petrolina e Garanhuns. O último caso teria acontecido no Recife, na semana passada. “Esse ato é um grito de socorro. Em cima da bicicleta vai uma vida, as pessoas precisam entender que fazemos parte do trânsito. Que queremos o direito de ir e vir com os motoristas nos respeitando”, explicou.

Taciane já sentiu na pele os efeitos do desrespeito aos ciclistas. “Em novembro, um motociclista embriagado bateu de frente comigo, durante uma trilha em Aldeia, e me deixou 20 dias de cama”, contou. O barbeiro Felipe Douglas, 30 anos, veio ao Recife com um grupo de 44 pessoas para participar do protesto. “Queremos sensibilizar e mostrar que a gente não tem espaço, não tem estrutura. Principalmente no interior, de onde nós somos”, contou ele, que é do grupo Pedala Serra, de Gravatá. 
(fonte diário de Pernambuco)

Postar um comentário

0 Comentários