BLOG  GARANHUNS ONLINE

Na Reta Da Notícia WWW.BLOGGARANHUNSONLINE.COM.BR

                   Conselheiro Dirceu Rodolfo

Uma Medida Cautelar, expedida monocraticamente pelo conselheiro Dirceu Rodolfo nessa quarta-feira (09), determinou ao prefeito do município de Garanhuns, Izaías Régis, a suspensão, até segunda ordem, do Pregão Eletrônico nº 060/2018 que tem por objeto o registro de preços para aquisição de materiais de construção.

A abertura do Pregão, cujo valor previsto é de R$ 10.960.731,38, estava prevista para esta quinta-feira (10).

A suspensão do Pregão foi sugerida ao conselheiro Dirceu Rodolfo, relator das contas do município, pela equipe de auditores da Inspetoria de Arcoverde, após irregularidades encontradas no edital.

De acordo com os técnicos, o valor licitado está muito acima do que foi gasto nos últimos cinco anos pela prefeitura, conforme informações disponíveis no Portal Tome Conta do TCE. Há uma diferença, para mais, de 428,31% em relação a 2013, de 762,20% em relação a 2014, de 535,97% em relação a 2015, de 228,92% em relação a 2016, de 240,36% em relação a 2017 e de 240,36% em relação a 2017.

Os técnicos afirmam também que no exercício financeiro de 2018 foi empenhado, apenas para a empresa MM Rodrigues Fraga Material de Construção ME, o valor de R$ 4.720.273,02, apesar de esta empresa estar sendo fiscalizada pelo TCE (processo nº 1856205-0) por suposto fornecimento de notas fiscais frias, referentes ao mesmo objeto, no montante de R$ 16.043.355,39, consoante denúncia feita ao TCE.

DEFESA – Notificado para dar explicações sobre o caso, o controlador geral do município, Glauco Brasileiro de Lima, não apresentou à Inspetoria nenhum “documento razoável” para comprovar a necessidade do valor licitado e explicar a disparidade existente em relação aos exercícios anteriores.

O conselheiro Dirceu Rodolfo, por sua vez, aceitou as considerações técnicas da Inspetoria dizendo que a continuidade do certame sem um exame mais aprofundado dos fatos poderia causar dano ao erário. Ele concedeu cinco dias de prazo ao prefeito para apresentação de defesa e determinou a instauração de uma Auditoria Especial para o aprofundamento das investigações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Simulador de notas ajuda estudantes a selecionar cursos no Sisu

foto: informações agencia brasil

O Sisu 2019 vai oferecer mais de 230 mil vagas, em 129 instituições públicas de ensino superior em todo o país.
As inscrições começam nesta terça-feira (22) e vão até sexta-feira, dia 25.
Para os curiosos, ansiosos ou precavidos, o Ministério da Educação lançou um simulador de notas.
A ferramenta permite que o candidato veja em quais cursos teria sido aprovado em edições anteriores do processo, por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Para voltar a cursar Direito, curso que começou na Universidade de Brasília, o amapaense Patrique Lima, de 31 anos, fez novamente o Enem. A expectativa é conseguir uma vaga na Universidade de São Paulo (USP). Ele fez a simulação.

O sistema está disponível no site sisu.mec.gov.br. O candidato deve inserir as notas das disciplinas de ciências da natureza, ciências humanas, linguagem, matemática e redação do Enem que tenha participado. Em seguida, deve marcar a alternativa "ampla concorrência" ou "lei de cotas". Entre os filtros disponíveis, a busca pode ser feita por curso, estado e turno.

O Ministério da Educação pretende manter o simulador atualizado e disponível para acesso durante todo o ano. Segundo o MEC, dessa forma, os estudantes vão poder saber o que precisam melhorar no próximo Enem para obter uma vaga no curso de graduação desejado.

PMs são presos por cobrar dinheiro de motoristas em falsa blitz em PE

Policiais presos foram autuados por crime militar na Delegacia de Polícia Judiciária Militar da PMPE (DPJM), no Quartel do Derby — Foto: Débora Soares/G1

Sete policiais militares foram presos suspeitos de simular ações da operação Lei Seca para cobrar dinheiro de motoristas no Litoral Sul de Pernambuco. O flagrante aconteceu quando os PMs realizavam uma falsa blitz em Porto de Galinhas, em Ipojuca, quando foram abordados, segundo a Secretaria de Defesa Social.


A investigação aponta que os policiais paravam de dez a 15 carros por noite nas supostas ações de fiscalização e cobravam entre R$ 1 mil e R$ 1,5 mil para liberar os motoristas, sempre em dinheiro. Eles foram presos, em flagrante, na noite do sábado (19).


A denúncia chegou às autoridades no final de 2018 e uma operação foi montada para flagrar o esquema. A SDS informou que eles foram autuados por concussão, que é a extorsão praticada por servidores públicos, contra condutores abordados em blitz.


Os militares são do 18º Batalhão, sediado no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. Em nota, o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, apontou que os policiais podem ser excluídos da PM, após procedimento administrativo disciplinar. As investigações seguem em busca de outras possíveis vítimas.


Segundo a Polícia Militar, os sete foram autuados pelo crime militar de concussão na Delegacia de Polícia Judiciária Militar da PMPE (DPJM), no Comando Geral da PM, no Quartel do Derby, no Recife. O grupo, que ficou detido no Batalhão de Choque, deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira (21).


A operação foi realizada pela Corregedoria da SDS com apoio do Batalhão de Operações Especiais da PM (Bope) e Grupo de Operações Especiais (GOE), vinculado ao Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado. Os nomes dos PMs não foram divulgados.
(fonte G1)

FENÔMENO DA NATUREZA FOI REGISTRADO NA REGIÃO DE GARANHUNS VEJA O VÍDEO

Na manhã do ultimo sábado  dia 12 varias cidades do Ageste Meridional, e zona rural de Garanhuns foi atingida por uma Grande ventania, que destruiu varias plantações.
O que provocou os fortes ventos e  um fenômeno chamado vórtice ciclônico de altos níveis, que vem da região Centro-Oeste para o Norte-Nordeste.
 Isso é comum para a região e para este período do ano
 o fenômeno da natureza foi registrado.
 veja o vídeo abaixo.
(Do canal)
Joabson Figueredo

PRF apreende 80kg de cocaína no sertão de Alagoas

Foto  divulgação PRF

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu em Alagoas (PRF), na madrugada de hoje (17), 80 tabletes de substância análoga a cocaína no município de Canapi/AL. O flagrante ocorreu durante fiscalização de trânsito no Km 26, BR 423.
A apreensão foi realizada por volta das 2h50, quando policiais rodoviários federais faziam abordagens próximo à Unidade Operacional da PRF no Carié/AL. Eles pararam um caminhão Hyundai, de cor branca, placas do estado do Ceará, com três ocupantes, sendo o condutor e duas passageiras.
Durante as fiscalizações os policiais notaram nervosismo do condutor, momento em que o homem empreendeu fuga pelo matagal. Suspeitando da atitude do mesmo, a equipe iniciou uma fiscalização minuciosa no interior do veículo, quando localizaram em um fundo falso 80 tabletes de substância análoga à cocaína, totalizado aproximadamente 80 kg. Segundo as passageiras, a droga vinha do Acre com destino a Recife, mas não informaram para quem seria entregue.
A equipe contou com o apoio do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) e Rádio Patrulha (RP) da Polícia Militar em Canapi/AL para realizarem buscas pela região na tentativa de encontrar o condutor do veículo.
A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Mata Grande para procedimentos cabíveis. As duas mulheres foram presas, e poderão responder por tráfico de drogas que tem pena prevista de 05 a 15 anos de prisão.