O Prefeito de Garanhuns izaias Régis encheu de alegria ao ver o viva Dominguinhos em revista de grande circulação.


O Viva Dominguinhos é destaque na Revista Gol: “É uma festa com o melhor do forró tradicional e a programação é sempre recheada de grandes artistas", foi assim que a Revista definiu nosso evento. 

Estamos muito felizes com esse reconhecimento, com certeza o Viva Dominguinhos se consolida como um dos melhores eventos do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Forças de Segurança já conduziram 41 pessoas para delegacias por desobediência às normas sanitárias


Com atuação das polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros, detenções aconteceram em 24 municípios de Pernambuco, desde a ativação do Centro Integrado de Comando e Controle Regional, em 18 de março. Detidos promoveram aglomerações e funcionamento irregular de comércio, bares e restaurantes, descumprindo decretos do Governo do Estado para o enfrentamento à epidemia de Covid-19

As polícias de Pernambuco já detiveram um total de 41 pessoas acusadas de desobedecer aos decretos do Governo do Estado que impõem medidas de enfrentamento à epidemia de Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus. O saldo é computado desde a ativação do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), no dia 18 de março. Operações evolvendo as operativas de segurança, em que houve necessidade de condução a uma unidade de Polícia Civil, ocorreram em 24 municípios, de todas as regiões do Estado.

Na noite de ontem (31/03), na Zona Rural de Petrolina, Sertão do Estado, duas pessoas foram conduzidas para a delegacia. São donos de dois bares onde pessoas jogavam sinuca. A Polícia fez a orientação para imediata dispersão da aglomeração e fechamento dos estabelecimentos, mas houve recusa por parte dos proprietários. Entre os 24 municípios onde a segurança teve de fazer conduções, Goiana foi o com mais ocorrências, com quatro, seguido por Cabrobó, Caruaru e Itambé, com três cada.

Segundo o Decreto Estadual nº 48.832, assinado pelo governador Paulo Câmara em 19 de março, desde 21/03 só podem funcionar normalmente os serviços considerados essenciais, a exemplo de supermercados, farmácias, casas de ração, depósitos de água e emergências hospitalares. Estabelecimentos que fornecem refeições podem funcionar apenas como entrega em domicílio ou ponto de coleta.

Desde 18/03, primeiro dia de ativação do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR) pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS), até terça (31/03), foram recebidas 17.409 denúncias relativas ao descumprimento das medidas estaduais contra a Covid-19. Dessas, 3.977 (23%) eram queixas sobre abertura de comércio. Já o funcionamento irregular de bares, restaurantes e similares motivou 3.268 das ligações (19%).

As reclamações estão sendo dirigidas ao telefone 190, que funciona 24 horas e é uma das estratégias da segurança pública no enfrentamento ao novo coronavírus.

“A grande maioria da população tem colaborado com as determinações. As polícias têm feito um trabalho de orientação e convencimento. Somente em casos de desobediência e desacato é feita a condução para uma delegacia. Não adotar medidas preventivas para evitar a disseminação de doenças infectocontagiosas é crime, conforme o artigo 268 do Código Penal, e prevê detenção de 1 mês a 1 ano. As polícias estão cumprindo sua missão nas ruas, e contamos com o apoio das prefeituras, por meio de suas guardas e diretorias de controle urbano, na fiscalização de feiras, comércio, áreas de lazer e demais espaços públicos”, diz o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antonio de Pádua.

Secretaria do Trabalho de Pernambuco abre inscrições para cursos gratuitos em formato EaD

Em virtude das medidas de isolamento social tomadas para o enfrentamento da Covid-19, o novo Coronavírus, a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (SETEQ), em parceria com a Secretaria de Educação e Esporte de Pernambuco (SEE), abre inscrições para cursos gratuitos na modalidade de Educação à Distância (EaD). O novo formato faz parte do programa Novos Talentos, que desde 2011 já capacitou mais de 30 mil trabalhadores e empreendedores pernambucanos. As inscrições para os cursos EaD irão iniciar, nesta quarta-feira (01), com prazo até terça-feira (07) da próxima semana. Já a abertura e início dos cursos serão na próxima quarta-feira (08). 

Segundo o secretário executivo do Trabalho e Qualificação, Álvaro Jordão, a plataforma EaD do programa Novos Talentos disponibilizará, nesse primeiro momento, os cursos de Introdução a Web Design, Edição e Processamento de imagens, Técnicas de Vendas, Informática Básica, Técnicas de Atendimento ao Público.

Novos Talentos EaD têm a missão de inovar e disponibilizar o que há de mais atual e dinâmico ao trabalhador. O programa oferece cursos de aperfeiçoamento (até 100 horas-aula), para quem deseja se qualificar numa profissão. Esta modalidade de ensino e aprendizagem viabiliza a adequação às disponibilidades do aluno, seja de tempo ou de espaço, dentro do moderno conceito de estar presente na maioria dos lugares. Para cada curso, serão disponibilizadas 100 vagas, além de emissão de certificado ao final para os alunos que cumprirem a carga horário e os exercícios fornecidos. 

“Nesse momento, é muito importante essa plataforma EaD que estamos disponibilizando através do programa Novos Talentos. Já fizemos uma parceria com o Instituto Êxito que também disponibilizou cursos online gratuitos. Esses novos cursos que estamos divulgando vêm para contribuir ainda mais para o trabalhador, microempreendedor e também para o estudante que queira aprender outros cursos profissionalizantes. Então, nesse momento, de enfrentamento da pandemia do Covid-19, as pessoas estão em casa e não necessitam ir para um local físico, além de ser importante também pela qualificação e ter a possibilidade de ganhar dinheiro em casa. Quando passar todo esse período difícil, as pessoas vão estar mais preparadas para poder ingressar no mercado de trabalho”, afirmou o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes. 

Para se inscrever acesse: https://ead.seteq.pe.gov.br/

Confira o conteúdo programático e a carga horária de cada curso:

Introdução a Web Design/ 100h/ 5 semanas
Neste curso você vai conhecer os Fundamentos de Web Design e HTML5, formatar um site usando Técnicas Avançadas em HTML5, formatar um Site com recursos multimídia e planejar layouts com CSS

Edição e processamento de imagens/ 60h/ 3 semanas
Neste curso você vai conhecer os principais formatos de armazenamento de imagens para Web, formatar imagens para utilização na Web ou em aplicativos de editoração de textos ou apresentações e técnicas de edição e montagem de layouts para Web com base em Imagens.

Técnicas de Vendas/ 80h/ 4 semanas
Neste curso você vai compreender o conceito de venda de produto e serviço, conhecer as fases da venda, desenvolver técnicas de atendimento ao cliente e conhecer boas práticas de pós-vendas.

Informática Básica/ 60h/ 3 semanas
Neste curso você vai aprender a interagir com o computador através de um sistema operacional e utilizar os recursos básicos de ferramentas de Planilha Eletrônica, Navegadores para Web e Programas de gerenciamento de mensagens de E-mail.

Técnicas de Atendimento ao Público/ 40h/ 2 semanas
Neste curso você vai aprender a Desenvolver a Atitude Proativa no Atendimento ao Cliente e a Esclarecer e Direcionar os Clientes nas Dúvidas quanto aos Serviços e Produtos Oferecidos pela Empresa

Inep publica cronograma do Enem; provas serão em 1° e 8 de novembro



O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou hoje (31) os editais das versões impressa e digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O período de inscrição será de 11 a 22 de maio. O participante que optar por fazer o Enem impresso não poderá se inscrever na edição digital e, após concluir o processo, não poderá alterar sua opção.

De acordo com o cronograma, o Enem 2020 impresso será aplicado em 1º e 8 de novembro. Os editais foram publicadas no Diário Oficial da União desta terça-feira e também estão disponíveis na página do Enem. Os participantes que optarem por realizar a versão digital do exame farão as provas nos dias 11 e 18 de outubro.

A autarquia vinculada ao Ministério da Educação também informou que, a partir do dia 6 de abril, os estudantes poderão fazer a solicitação de isenção da taxa de inscrição do Enem.

Os requerimentos e as justificativas de ausência na edição anterior devem ser feitas pela internet, na Página do Participante, com acesso pelo computador ou celular.

Pode solicitar a isenção da taxa quem está cursando a última série do ensino médio, em 2020, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar; quem cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, além de ter renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, e quem está em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda, devendo informar o número de identificação social (NIS), único e válido, além de ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Os participantes que solicitaram isenção em 2019, não realizaram os dois dias de prova e querem solicitar nova isenção para 2020, devem fazer a justificativa de ausência. O resultado dos pedidos deve ser divulgado em 24 de abril. Entre 27 de abril e 1º de maio será aberto prazo para apresentação de recursos e os resultados finais estarão disponíveis em 7 de maio. As regras valem para a versão impressa e digital.

O Inep ressalta que a aprovação da justificativa de ausência no Enem 2019 e da solicitação de isenção da taxa de inscrição não significa que a inscrição foi realizada. Portanto, os participantes deverão acessar o Sistema Enem e se inscrever para esta edição do exame.
Inscrições

Neste ano, será obrigatória a inclusão de foto atual do participante no sistema de inscrição, que deverá ser utilizada para procedimento de identificação no momento da prova. O valor da taxa de inscrição permaneceu o mesmo da edição de 2019: R$ 85, que deverá ser pago até 28 de maio.

De acordo com o Inep, a estrutura do exame não foi alterada e será mantida a aplicação de quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira - inglês ou espanhol.
Acessibilidade

A Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep visa dar atendimento especializado aos participantes que necessitarem. Para facilitar a compreensão no momento da inscrição, os atendimentos específicos (gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar) foram incluídos na denominação "especializado". As solicitações para esses atendimentos também deverão ser feitas entre 11 e 22 de maio. Os resultados serão divulgados em 29 de maio. Para os pedidos que forem negados, está prevista uma fase para apresentação de recursos. O resultado final estará disponível no dia 10 de junho.

Os pedidos de tratamento por nome social serão feitos entre 25 e 29 de maio, com previsão de divulgação dos resultados em 5 de junho. O período para apresentação de recursos será entre 8 e 12 de junho e a disponibilização dos resultados finais em 18 de junho.
Enem Digital

A implantação do Enem Digital terá início neste ano e, de acordo com o Inep, será feita de forma progressiva. Nessa fase inicial, até 100 mil pessoas poderão fazer a prova no novo modelo. A previsão é que a consolidação deste modelo seja feita até o ano de 2026. A estrutura do exame será igual à da versão impressa.

O processo de inscrição é o mesmo da versão impressa. Serão disponibilizadas 100 mil inscrições para os primeiros participantes que optarem pela edição digital, conforme distribuição das vagas previstas no edital. Por se tratar de fase piloto de implantação do novo modelo, neste primeiro ano, o Enem Digital não estará disponível para treineiros e não promoverá atendimento especializado.

*Com informações do Inep

Prefeitura de Garanhuns decreta estado de calamidade pública em virtude do coronavírus



Em virtude da emergência de saúde pública internacional, decorrente da pandemia do novo coronavírus, e do cenário nacional de transmissão comunitária, reconhecido pelo Ministério da Saúde, a Prefeitura de Garanhuns, por meio do Decreto n° 022/2020, declarou estado de calamidade pública em todo o município. 

A configuração de estado de calamidade pública se ampara no cenário de isolamento preventivo da população de Garanhuns, bem como a interrupção de serviços essenciais da administração pública; em áreas como educação, saúde, transportes, assistência social e a suspensão de outros expedientes administrativos por tempo indeterminado, em caráter preventivo. Bem como na queda de arrecadação própria, decorrente da paralisação e crise da economia local.

Com o decreto, todas as medidas da administração pública serão direcionadas para o enfrentamento da anormalidade verificada. “É um momento em que estamos adotando todas as medidas possíveis na prevenção ao coronavírus, buscando amenizar, sobretudo, o impacto naquelas famílias que estão sendo atingidas mais severamente durante este momento difícil”, pontuou o prefeito Izaías Régis.

Os órgãos e entidades da administração pública municipal adotarão as medidas necessárias ao enfrentamento do estado de calamidade pública, observado o disposto nos Decretos Municipais nº 015/2020, 017/2020, 018/2020, 019/2020 e 020/2020. Fica autorizado ainda o uso de todas as medidas necessárias, inclusive o investimento de recursos para utilização em unidades hospitalares do Estado de Pernambuco.

O Decreto Municipal n° 022/2020 que oficializa o estado de calamidade pública será encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe), para apreciação e homologação, nos termos da Constituição do Estado; e será publicado no Diário Oficial dos Municípios de Pernambuco (Amupe), desta quinta-feira (26), onde pode ser acessado na íntegra.




Defesa Civil realiza vistorias em áreas afetadas por chuvas em Garanhuns


                 
Foto reprodução Compdec.
Em funcão das chuvas registradas em Garanhuns, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) tem vistoriado áreas afetadas do município. Na madrugada e início da manhã desta quarta-feira (25), a equipe verificou pontos de alagamento na avenida Rui Barbosa, próximo a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), além de ocorrências na avenida Sul, situada no bairro Boa Vista, e avenida Getúlio Vargas, no bairro Heliópolis.

Ainda de acordo com Defesa Civil, a forte chuva ocasionou a queda do muro da Escola Municipal Maria Tavares, localizada na avenida Santa Terezinha, e provocou danos na infraestrutura das vias João Cabral de Melo Neto e Waldir Mansur, no bairro Cohab II, e Serra Branca, no bairro Magano. 

Todas as demandas estão sendo repassadas à Secretaria de Obras e Serviços Públicos, que averigua as demandas de responsabilidade do município, para que sejam feitos os reparos necessários. A Compdec segue monitorando essas e demais áreas do município, em caso de novas chuvas. O órgão ressalta que em casos de urgência, deve-se acionar o Corpo de Bombeiros, pelo contato de emergência 193.

Por Compdec

Covid-19: saiba a diferença entre quarentena e isolamento


Em meio à pandemia do novo coronavírus pelo mundo, uma das grandes dúvidas está na diferença entre quarentena e isolamento. De acordo com a Portaria nº 356/3020 do Ministério da Saúde, a quarentena tem como objetivo garantir a manutenção dos serviços de saúde em local certo ou determinado. 


A medida é um ato administrativo, estabelecido pelas secretarias de Saúde dos estados e municípios ou do ministro da Saúde e quem determina o tempo são essas autoridades. “A medida é adotada pelo prazo de até 40 dias, podendo se estender pelo tempo necessário”, diz o documento.
Isolamento

Já o isolamento serve para separar pessoas sintomáticas ou assintomáticas, em investigação clínica e laboratorial, de maneira a evitar a propagação da infecção e transmissão. Neste caso, é utilizado o isolamento em ambiente domiciliar, podendo ser feito em hospitais públicos ou privados.

Ainda segundo a norma do Ministério da Saúde, o isolamento é feito por um prazo de 14 dias – tempo em que o vírus leva para se manifestar no corpo – podendo ser estendido, dependendo do resultado dos exames laboratoriais.

Casos suspeitos que estão sendo investigados também devem ficar em isolamento. Se o exame der negativo, a pessoa é liberada da precaução.

“O isolamento não é obrigatório, não vai ter ninguém controlando as ações das pessoas. Ele é um ato de civilidade para a proteção das outras pessoas”, orientou o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira. Já a quarentena, segundo o Ministério da Saúde, é uma medida obrigatória, restritiva para o trânsito de pessoas, que busca diminuir a velocidade de transmissão do novo coronavírus. Ambas são medidas de saúde pública consideradas fundamentais para o enfrentamento da pandemia e Covid-19.
Viagem

Desde 13 de março, o Ministério da Saúde incluiu todos os viajantes internacionais na lista de pessoas que devem ficar isoladas. Ao retornarem, eles precisam permanecer em casa por sete dias. Se febre com tosse e falta de ar surgirem, a recomendação é procurar uma unidade de saúde. Se a pessoa manifestar apenas tosse, ou coriza, ou mal-estar, ou febre, uma opção é ligar para o 136 para que uma equipe de saúde passe as devidas orientações.


Antes mesmo dessa determinação do Ministério da Saúde, a servidora da Câmara dos Deputados Keila Santana foi orientada a trabalhar de casa depois de que, no último dia 10, chegou de Portugal com os dois filhos de 5 e 8 anos. “Fui informada pelo meu chefe sobre o ato do presidente da Câmara dos Deputados que, entre outras medidas, determinou o isolamento por 14 dias de pessoas que chegam de viagens ao exterior. Só no meu setor, somos cinco nessa situação”, disse.
Higiene

Para evitar a disseminação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas. Lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo.


SJDH adota novos procedimentos em unidades prisionais



A partir do próximo sábado (21), os privados de liberdade só poderão receber a visita de um familiar por semana, pelo período máximo de até quatro horas.

Diante da pandemia de coronavírus decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), neste mês de março, e dos recentes casos suspeitos e confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) em Pernambuco, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), por meio da sua Executiva de Ressocialização (Seres), operará a partir desta terça-feira (17/03) com novas medidas de prevenção em todo o sistema penitenciário do estado. Não há registro até o momento de nenhum caso suspeito no sistema prisional do estado.

Entre as principais providências está a redução no número de visitantes e do tempo de permanência dos familiares dentro dos estabelecimentos prisionais. A partir do próximo sábado (21), os privados de liberdade só poderão receber a visita de um familiar por semana, pelo período máximo de até quatro horas. Até o último final de semana, era permitida a entrada de até três familiares, das 8h às 16h. O acesso de crianças, idosos, gestantes e pessoas com sintomas de gripe também estão temporariamente vetadas.

Secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico ressalta que o monitoramento é diário e que as medidas poderão sofrer ajustes de acordo com a necessidade. “O sistema prisional de Pernambuco conta com uma circulação diária muito significativa de pessoas. Esse controle já vem sendo intensificado com muito mais atenção para que possamos resguardar a todos: servidores, presos e seus familiares”, completa Eurico.

As medidas deverão ser acolhidas e padronizadas pelos servidores imediatamente. Atividades religiosas com participação de voluntários estão suspensas e consultas odontológicas também, exceto em casos emergenciais.  

Ministério da Defesa ativa centro de operações contra novo coronavírus



O ministério da Defesa anunciou a inauguração do Centro de Operações Conjuntas, uma iniciativa que envolve os três comandos militares - Marinha, Exército e Força Aérea - para fornecer ajuda logística e operacional ao Governo Federal durante o período de combate à pandemia do novo coronavírus.

Segundo nota publicada pelo ministério, o contingente militar poderá ser usado no apoio às ações federais, no controle de passageiros e tripulantes nos aeroportos, portos e terminais marítimos, e no controle de acesso das fronteiras. O documento lista ainda que 10 Comandos Conjuntos estão disponíveis para atuar especificamente nas cinco regiões brasileiras. O Comando de Operações Aeroespaciais - uma unidade permanente de defesa nacional - também participará da iniciativa.

Uma força com treinamento especial em defesa química, biológica, radiológica e nuclear poderá ser utilizada em áreas de risco, e também na descontaminação humana, de ambientes ou de materiais. Os militares também podem ser usados em postos de triagem para identificar possíveis focos de infecção do Covid-19 em pontos estratégicos, como fronteiras e aeroportos. 

O ministério comunicou ainda que hospitais de campanha - estruturas médicas temporárias criadas para atuar em áreas de conflito ou instabilidade - poderão ser usados em apoio à rede pública e privada de atendimento de saúde.

Agência Brasil

Caixa suspende sorteio da Loteria Federal por três meses



A Caixa emitiu um comunicado neste domingo (22) informando que os sorteios da Loteria Federal estão suspensos por três meses em função dos cuidados com a pandemia do novo coronavírus. As novas datas vão ser divulgadas em julho.

Outro comunicado informava sobre a suspensão dos concursos da Loteca. “Em virtude da suspensão dos campeonatos internacionais, nacionais e estaduais de futebol masculino e feminino, não é possível a organização de grades para composição dos concursos da modalidade e, portanto, os concursos da Loteca estão suspensos. O novo calendário de sorteios será divulgado oportunamente após a normalização dos campeonatos”, diz o texto.

A data do sorteio do concurso especial nº 2.070 da Dupla Sena, o “Dupla de Páscoa", foi alterada para 25/04/2020. As vendas começariam no dia 02/03/2020 e vão ocorrer de 01/04 a 25/04/2020.

Agência brasil

Estados do Nordeste pedem ao STF suspensão de cortes no Bolsa Família



Estados do Nordeste pedem ao STF suspensão de cortes no Bolsa Família

Pernambuco e mais seis estados nordestinos pediram ao Supremo Tribunal Federal (STF) que determine à União a suspensão no corte de 96 mil benefícios do bolsa família na região, realizado este mês pelo governo federal, em plena pandemia do coronavírus. O número de famílias que deixarão de receber o benefício no Nordeste representa 61% do total de 158 mil cortes no país. A petição foi protocolada na noite de sexta-feira (20/3) dentro da Ação Cível Ordinária (ACO) 3359, que está sob relatoria do ministro Marco Aurélio Mello.

O procurador-geral do Estado de Pernambuco, Ernani Medicis, explica que, em 12 de março, antes do início da emergência do coronavírus, os estados do Nordeste, com exceção de Alagoas e Sergipe, ingressaram com ação no STF requerendo a adoção de medidas para corrigir o represamento e a distorção na concessão de novos benefícios às famílias nordestinas (ACO 3359). “Os números apontam um tratamento clara e injustificadamente desproporcional na distribuição dos benefícios entre os estados”, informa Ernani Medicis.

“Na petição apresentada na sexta-feira, reiteramos o pedido contextualizando com a crise na saúde que atravessamos e acrescentamos que, mesmo diante do estado de calamidade pública pela pandemia do coronavírus, o governo federal não só manteve a restrição de novos registros de famílias nordestinas como efetuou corte desproporcionais de bolsas”, afirma o procurador-geral. “É uma situação que não tem justificativa. A União já teve várias oportunidades de prestar informações e não o fez”, completa.

O procurador-geral ressalta que a situação se agrava com as medidas emergenciais de restrição de circulação imprescindíveis ao combate à pandemia, mas que têm um impacto social e econômico. “Muitas famílias complementam a renda do bolsa família com comércio informal que foi atingido pelas medidas restritivas impostas pelas autoridades sanitárias”, destaca. Na petição, os estados enfatizam que o governo federal ignora os dados e o tratamento igualitário à população dos estados nordestinos, o que revela e reforça a ausência de tratamento isonômico entre os estados.

Além da suspensão dos cortes atuais, os estados pedem a liberação imediata de recursos para novas inscrições no programa, observando a proporcionalidade da média de novas inscrições liberadas para os demais estados da federação. E a condenação da União a indicar os critérios e o eventual cronograma para a concessão dos benefícios e de eventuais cortes, de modo a contemplar de maneira isonômica e equânime os brasileiros que necessitam do programa e que residem no Nordeste.

Receita de Farofa com calabresa



Que farofa é uma delícia, nem preciso dizer e uma farofa assim, como essa Farofa de Calabresa, bem completa e “pedaçuda”, é boa mesmo, nem tem o que falar. Ela é uma ótima opção para as festas de fim de ano ou mesmo para acompanhar um churrasco.
Ingredientes

50 g de bacon picado

4 colheres (de sopa) de manteiga

1 cebola grande picada

2 linguiças calabresa cortada em pedaços não muito pequenos

3 ovos cozidos picados

1/2 xícara (de chá) de azeitona picada

2 colheres (de sopa) de salsinha picadinha

Sal se necessário

2 xícaras (de chá) de farinha de mandioca crua
Modo de Preparo
Coloque 2 colheres de manteiga em uma panela com o bacon picado e deixe fritar.
Acrescente a cebola e deixe fritar também.
Junte a calabresa picada e frite.
Agora coloque os ovos cozidos, a azeitona e a salsinha.
Acrescente o restante da manteiga.
Misture a farinha de mandioca e deixe no fogo um minutinho, mexendo sempre.
Acerte o sal se precisar.
Sirva quente ou fria.
Dicas
Se quiser fazer essa farofa com antecedência, faça tudo e guarde na geladeira (por uns 3 dias), mas só coloque a farinha no dia que for servir, fica melhor.
Se quiser acrescentar 1/2 xícara de passas escuras nessa receita fica excelente.
Pode usar margarina, mas fica bem mais saborosa com manteiga.
Uma boa dica sobre essa farofa é que você pode variar a farinha que vai usar. Nessa eu usei a farinha de mandioca crua, mas você pode usar a farinha de mandioca torrada, pode usar farinha de milho, pode usar aquelas farofas prontas que vende nos supermercados em saquinho e pode usar também bolacha água e sal ou cream cracker triturada no liquidificador, fica muito bom.
Por Agencia Brasil

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) informou, em nota divulgada nesta terça-feira (12), que o governo federal está destinando R$ 144 milhões para assegurar a execução de serviços do Projeto de Integração do Rio São Francisco e outras obras que garantirão o abastecimento da população nos estados de Pernambuco, do Ceará, da Paraíba e de Alagoas. Com esses recursos, os investimentos em projetos para reforçar o abastecimento de água no Nordeste somam R$ 1,4 bilhão em 2019.

O montante contabiliza investimentos para operação e manutenção da transposição do Rio São Francisco nos dois eixos do projeto (Norte e Leste), a recuperação de reservatórios considerados estratégicos e outras obras para ampliar a oferta de água na região. As primeiras obras da transposição foram iniciadas em 2007 pelo Exército.

O Eixo Norte é um canal de 400 quilômetros que faz a captação de águas próximo à cidade de Cabrobó (oeste de Pernambuco) para alimentação dos rios Salgado e Jaguaribe, com a finalidade de levar água a reservatórios no Ceará, no Rio Grande do Norte e na Paraíba. No Eixo Leste, o canal, que tem mais de 200 quilômetros, leva água ao Rio Paraíba para abastecer reservatórios em Pernambuco e na Paraíba.

Além de viabilizar o fornecimento de água, a execução das obras gera emprego na região. Em Pernambuco, foram aplicados R$ 24,2 milhões no Ramal do Agreste (Eixo Leste), que emprega 2,6 mil trabalhadores. Só no estado, a obra leva águas do São Francisco “a mais 2,2 milhões de pessoas em 68 municípios”, informa o MDR.

Também este ano, os investimentos somam cerca de R$ 77 milhões no Cinturão das Águas do Ceará (CAC). “A expectativa é que, no primeiro trimestre do próximo ano, a água esteja disponível no Reservatório Jati (...) beneficiando os municípios abastecidos pelo Rio Jaguaribe e a Região Metropolitana de Fortaleza - cerca de 4,5 milhões de pessoas”, diz a pasta.

Já o Canal do Sertão Alagoano totaliza R$ 84,1 milhões de investimentos em 2019. Os recursos visam ao funcionamento de um sistema adutor (transporte da água) com captação no reservatório da Usina Hidrelétrica de Moxotó. De acordo com descrição da pasta do Desenvolvimento Regional, essa estrutura parte do município de Delmiro Gouveia e segue até a cidade de Arapiraca “e atenderá mais de 1 milhão de moradores em 42 municípios alagoanos”.

Na Paraíba, o projeto Vertente Litorânea totalizará R$ 36,3 milhões do ministério em 2019. Esse sistema adutor vai integrar bacias litorâneas com as águas do Eixo Leste do Projeto São Francisco disponibilizadas no Rio Paraíba, após abastecer o Reservatório Epitácio Pessoa, em Boqueirão, na Paraíba. “Quando concluídas, as obras irão beneficiar uma população de 630 mil habitantes, com abastecimento humano e água para irrigação e indústria”, prevê o MDR.