· Vote na nossa enquete!



Está lançada a programação cultural mais aguardada de Pernambuco. O Governo do Estado inicia a contagem regressiva para o Festival de Inverno de Garanhuns, maior evento artístico do País, integralmente realizado com recursos governamentais. Coordenado pela Secretaria de Cultura e pela Fundarpe, o FIG 2019 conta ainda com apoio da Cepe Editora, Sesc e Sebrae, e parceria com a Prefeitura de Garanhuns. Confira (aqui) a programação completa.


De 18 a 27 de julho, o público poderá conferir a programação nos palcos, nas praças, nos parques, nos pavilhões, no teatro, no cinema e na catedral, pelas ruas e em diversos outros espaços da cidade, totalmente lotada de turistas e visitantes que vêm curtir, além do frio, sua programação imperdível. Além das milhares de pessoas que serão aguardadas nos 21 polos montados, o FIG 2019 vai registrar uma enorme audiência em todo o país por meio de transmissões em pelo menos cinco emissoras de TV, uma dezena de emissoras de rádio e inúmeros canais web.

O Governo do Estado não está medindo esforços financeiros, de pessoal, equipamentos e ações para garantir o sucesso da 29ª edição do FIG. Além da Secretaria de Cultura e Fundarpe, mais de uma dezena Secretarias e órgãos estaduais estão envolvidos, como as Secretarias de Defesa Social, Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, Criança e Juventude; Política de Prevenção às Drogas, Turismo, Mulher, Desenvolvimento Urbano e Habitação, Infraestrutura e Recursos Hídricos; Meio Ambiente e Sustentabilidade, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, DER, Detran, Polícia Cientifica e o Conservatório Pernambucano de Música.

Essas instituições governamentais estão levando serviços diversos, garantindo ações efetivas em diversas áreas, como segurança, saúde e infraestrutura. São ações voltadas para apoiar a população e os turistas durante os 10 dias do FIG, garantindo que esse, que é considerado o maior festival multiartistico do Brasil tenha sucesso mais uma vez.

Seguindo a tradição, o festival elege um grande homenageado e, em sua 29ª edição, a vez é do paraibano Jackson do Pandeiro, cujo centenário de nascimento é celebrado este ano. A obra de Jackson é uma influência definitiva para a música brasileira, nos mais variados gêneros e estilos. A homenagem a Jackson será uma tônica no FIG, não só com um tributo no Palco Dominguinhos, mas também em espaços como a Praça da Palavra, onde haverá o lançamento do livro Jackson em Quadrinhos, do escritor Fernando Moura, biógrafo de Jackson. A Praça da Palavra, por sua vez, também elege um homenageado, que este ano é o escritor, poeta, cineasta, tropicalista Jomard Muniz de Britto.

A força do FIG está não apenas no entretenimento que promove – shows, concertos, espetáculos, exposições, cursos, seminários e encontros diversos -, mas também no fato de ser uma vitrine do que de mais atual está sendo produzido pelos artistas nacionais, das mais variadas linguagens da arte. Na música, este ano o FIG traz nomes como Alcione, Elba Ramalho, Lenine, João Bosco, Roberta Miranda, Fafá de Belém, Eddie, Tony Garrido, Zélia Duncan, Céu, Otto, Jards Macalé, Ave Sangria, entre outros, espalhados seis polos musicais: Palco Mestre Dominguinho, Palco Pop, Palco Forró, Palco Instrumental, Palco da Cultura Popular, além do Som na Rural e dos projetos Virtuosi na Serra e do Conservatório Pernambucano de Música na Catedral de São Pedro.

Outra linguagem que tem um público cativo durante os 10 dias do festival é artes cênicas. A programação para quem acompanha teatro, dança e circo movimenta a cidade. Logo na abertura, na quinta-feira (18), teremos o espetáculo O Som e A Sílaba, do consagrado diretor Miguel Falabella. A encenação ocorre no Teatro Luís Souto Dourado, local que recebe duas peças por dia a partir da sexta (19).

No polo de circo, uma novidade que deve agradar é a duplicação das sessões durante os fins de semana. Ampliando a única sessão, que antes atraia diariamente duas mil pessoas, a organização pretende atender a demanda de quem não consegue espaço na lona.

“Temos algumas boas novidades no FIG deste ano, como a volta das sessões no cine Eldorado, bem como mais sessões de circo, e a programação especial para infância e famílias que estamos chamando de Figuinho. Estamos promovendo os ajustes e correções necessárias para que o povo possa usufruir de um festival da melhor qualidade, com produção de Pernambuco e fora do estado e padrão nacional de referência, para que a gente leve para Garanhuns o que tem de melhor na cultura, nesses dez dias de evento. Um festival de inverno à altura da cultura pernambucana e da cidade de Garanhuns. E o FIG também trata disso, de formação de plateias. Será minha primeira vez no FIG como organizador e estou muito entusiasmado com o que está proposto”, comenta o secretário de Cultura, Gilberto Freyre Neto.

“O FIG é fruto de um criterioso processo de curadoria, que começa numa convocatória pública e finaliza numa grade de programação que atinge públicos diversos, desde os que querem os artistas mais aclamados, aos que desejam acompanhar a produção mais alternativa da música, das artes cênicas, da dança, do cinema, ou das famílias com crianças, que têm no FIG não apenas uma opção para as férias para os filhos, mas a chance de colocá-los, desde cedo, em contato com a produção cultural e artísticas do país. Por isso, é um motivo de muita alegria para nós do Governo de Pernambuco, a cada ano, realizar o festival de Inverno de Garanhuns”, ressalta Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe.

DESTAQUE DO FIG 2019

MESTRE DOMINGUINHOS – Principal palco do FIG, vai receber as apresentações de Elba Ramalho (sexta, 19), Zélia Duncan (sábado, 21), Karina Buhr, Letrux, Céu (domingo, 22). Segunda, noite do brega com Kitara e Priscila Sena entre as principais atrações. A terça (23) tem show de Roberta Miranda. Otto e Lenine estão na quarta (24).

PALCO POP – O Pop é o lugar para se ficar antenado nas novidades da música contemporânea, sem esquecer de quem tem um trabalho consolidado. Exemplo do icônico Jards Macalé, que vem com banda nova lançando Trevas, após quase vinte anos canções inéditas. Cacá Machado é um violonista paulista (e pesquisador musical) que vem se destacando com seu repertório de sambas, choros e valsas, presentes no disco novo, Sibilina, que vem sendo festejado por onde é tocado. Do Recife (mas morando hoje em SP), Diomedes Chinaski mostra porque seu rap conquistou rapidamente o gosto de milhares de jovens pelo País. E assim segue o palco Pop, com Igor de Carvalho, Banda Eddie, Ave Sangria, Francisco El Hombre e tantos outros artistas. Se você gosta de conhecer as novidades da música, é pra lá que tem que ir.

FORRÓ – A cultura nordestina diz que festa boa só acaba com um bom rala bucho. O palco do forró celebra todos os anos, no FIG, essa nossa tradição. Tem ainda a missão de consagrar o gênero como uma música para todas as épocas do ano. Gennaro, Dudu do Acordeon, Josildo Sá, Bia Marinho, Quinteto Violado, entre outros, levam seus shows para lá, este ano.

INSTRUMENTAL – Considerado o polo mais charmoso do FIG, o palco localizado no Parque Ruber van der Linden recebe uma programação para quem curte música instrumental. Entre os dias 23 e 27 de julho, o público vai poder conferir apresentações dos músicos Henrique Annes (PE) e João Camarero (SP), uma apresentação especial com o Maestro Duda, além da banda Kalouv .

CATEDRAL – A Catedral de Santo Antônio segue como polo para apreciação de instrumentistas e cantores que chegam a Garanhuns com as programações do Conservatório Pernambucano de Música (CPM) e o Festival Virtuosi, parceiros do FIG. Das atrações sob a curadoria do CPM, destacam-se Ayrton Montarroyos, João Bosco e um tributo ao cantor e compositor Luiz Vieira.

FORMAÇÃO – Voltadas para diversos públicos, as oficinas formativas do festival iniciam na segunda (22), indo até a sexta (26). Serão 13 cursos nas áreas de profissionalização (iluminação, sonorização, direção de palco e roadie, direção artística e cinema de animação), aperfeiçoamento (produção cultural e documentação) e sustentabilidade (aproveitamento de alimentos e dobraduras para ecogastonomia). As capacitações ocorrem na Casa dos Saberes, na unidade da Funase e na comunidade quilombola de Castainho.

SOM NA RURAL - Caminhando pelo Parque Euclides Dourado, você pode se deparar com um veículo do século passado, mas completamente adaptado aos novos tempo. O estilo colorido e mambembe do Som na Rural mistura gêneros que tem atraído cada vez mais público A programação por lá já abre na sexta-feira (19), a partir das 18h, e segue até o sábado (27). Entre as atrações confirmadas estão a banda punk Devotos e a cantora Sofia Freire.

CINEMA – A programação do Cine Eldorado volta este ano com sessões a partir da sexta-feira (19) e destaque para exibições diurnas voltada para infância e família. À noite, produções pernambucanas e nacionais para quem está em Garanhuns mas quer “fugir” da programação dos palcos.

PLATAFORMA FIG – Pelo terceiro ano, o Festival promove a ação especial Plataforma FIG, um encontro entre artistas do Estado com programadores de importantes festivais de música do Brasil, além de jornalistas especializados e outros agentes da cadeia produtiva da música.

PRAÇA DA PALAVRA - Este ano, a Praça da Palavra recebe o nome de Jomard Muniz de Brito, homenageado do espaço. Por lá, recitais, contações de histórias, debates, lançamentos de livros. Estandes de venda de livros e lounge de leitura para visitantes. No sábado, Jomard participa de uma mesa com Maria Alice Amorim (PE) e Sthephany Metódio (PE). Ainda neste dia o público confere o lançamento do Livro Planet Hemp, Mantenha o respeito, com Pedro de Luna (SP). No domingo, é a vez da poeta pernambucana do Slam das Minas, Bell Puã, lançar o livro Lutar é crime. E durante toda semana, muitos lançamentos importantes, debates e conversas imperdíveis.

ARTES CÊNICAS – Abrindo a programação do FIG 2019 no Teatro Luis Souto Dourado teremos o espetáculo O Som e A Sílaba, de Miguel Falabella. A peça foi escrita especialmente para artistas Alessandra Maestrini e Mirna Rubim, que além de atrizes são cantoras com vivência no mundo lírico. No polo de circo, uma novidade que deve agradar é a duplicação das sessões durante os fins de semana. Ampliando a única sessão, que antes atraia diariamente duas mil pessoas, a organização pretende atender a demanda de quem não consegue espaço na lona.

PATRIMÔNIO – Três ações voltadas para a preservação do patrimônio cultural compõem a programação do Festival de Inverno de Garanhuns 2019: Um encontro sobre a Salvaguarda dos Reisados de Pernambuco; A oficina Educação Patrimonial, voltada para elaboração de Inventários Participativos; e uma exposição sobre a Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco (2008-2019). A mostra apresentará um pouco deste evento criado em 2008 e que reúne mostras, oficinas, jogos, visitas, celebrações e ocupações de espaços públicos sobre a preservação do patrimônio. A exposição ficará à mostra na Praça Souto Filho (ao lado da Praça da Palavra), de 19 a 27 de julho. A visitação é de segunda à quinta-feira, das 14h às 20h; e sexta a domingo, das 10h às 20h.

GASTRONOMIA – A gastronomia do agreste pernambucano é destaque na programação do FIG e traz nesta 29ª edição, através da culinária, uma discussão sobre a sustentabilidade neste setor. São dezenas de atividades espalhadas por Garanhuns e no Quilombo Castainho, entre lançamento de livros, mesas e debates, e palestras sobre assuntos como reaproveitamento integral dos alimentos e soluções sustentáveis para merenda escolar.

FIGUINHO – A 29ª edição do FIG apresenta uma novidade voltada para o público infanto-juvenil em 2019: O Figuinho, que vai contar com uma série de atividades voltadas para a garotada. Em toda a programação do Festival haverá um selo do Figuinho indicando quais atrações são direcionadas para a criançada. Além do circo, do Outras Palavrinhas e das apresentações de teatro-infantil, haverá pela tarde uma programação inédita no Palco Pombo/Instrumental nos dois sábados (20 e 27 de julho) do Festival, com atrações musicais, apresentações de teatro e brincadeiras infantis.

ARTESANATO – A parceria com o Sebrae está garantindo mais uma edição do Armazém das Artes e Negócios. Este ano, serão 75 estandes ocupados pelos artesãos selecionados pelo Sebrae ou por meio de um edital convocatório promovido pela Secult/Fundarpe para ocupação de espaços ou convidados. Vários representantes de mamulengos, como a associação de Glória do Goitá, o Patrimônio Vivo Zé Lopes, pontos de cultura, além de diversos artesãos independente. O pavilhão funciona entre os dias 18 a 27 de julho, com horários estendidos nos fim de semana.

A Ç Õ E S D O G O V E R N O N O F I G

SEGURANÇA - O Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) chega, em 2019, à sua 29ª edição e, com o intuito de garantir que os moradores e turistas curtam o evento de forma tranquila e segura, a Secretaria de Defesa Social (SDS) conta com um plano estratégico especial para a região, que será colocado em prática entre os dias 18 e 27 de julho.

Neste período, a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), responsável pelo policiamento ostensivo e preventivo, ativará 2.403 postos de trabalho, o que garantirá reforço na segurança de todos os polos de festa, como a Praça Mestre Dominguinhos e o Parque Euclides Dourado. Neste primeiro, será montada uma Plataforma de Observação Elevada (POE), que será responsável pelo videomonitoramento nos locais de shows e apresentações.

Também fortalecendo o trabalho preventivo, o Corpo de Bombeiros montará plataformas elevadas na Praça Mestre Dominguinhos, assim como terá viaturas de prontidão no local. Ao todo, 180 postos de trabalho serão ativados pela unidade para garantir à segurança de quem for conferir a festa nos palcos de evento. Além disso, o 6º Grupamento do Corpo de Bombeiros, localizado em Garanhuns, estará de prontidão para dar apoio aos profissionais em campo. Antes da festa, o Centro de Atividades Técnicas (CAT) estará empenhando profissionais nas atividades prévias para autorização das estruturas que participarão das festividades.

Para o atendimento a população, a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) terá um reforço de 240 postos de trabalho durante e o período e montará uma Delegacia Móvel na Praça Mestre Dominguinhos. No local, poderão ser realizados boletins de ocorrências. Já os casos que precisem de confecção de TCO´s e lavratura de prisão em flagrante serão encaminhados para a estrutura física montada no Posto de Comando Interligado ou para a Delegacia de Plantão da 134ª Circunscrição Policial.

Por fim, o trabalho da Polícia Científica será realizado normalmente na Unidade Regional de Polícia Científica de Garanhuns, inaugurada no ano passado. O serviço, que funciona 24 horas, já realiza perícias criminais em local de crime, drogas, balística e identificação veicular, assim como perícias médico-legais em vivos: traumatologia e sexologia forense, além de identificação criminal e elaboração de retrato falado.

CONSERVATÓRIO - Entre os dias 18 e 27 de julho, será realizada a 29ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). A festa, que conta com dezenas de polos espalhados pela cidade, mantém a tradição e contará com várias apresentações do Conservatório Pernambucano de Música (CPM) para embelezar ainda mais o evento. Toda a programação do CPM será realizada na Catedral de Santo Antônio, sempre às 16h e 21h.

Na quinta-feira (18), a partir das 21h, o Conservatório estreia nesta edição do FIG com um tributo a Luiz Vieira, trazendo atrações como Altemar Dutra Jr., Claudette Soares, Eliana Pittman e Márcio Gomes. Na sexta (19), às 16h, a Orquestra de Câmara de Pernambuco se apresenta ao lado da solista Carmen Monarcha, sob a regência do maestro José Renato Accioly. Mais tarde, o cantor Ayrton Montarroyos leva aos presentes o show ‘Mergulho no nada”.

A programação segue durante todo o final de semana, tendo no sábado (20) os shows de Sagrama e Antônio Nóbrega, às 16h, e encerrando a noite de espetáculos do CPM com Alexandre Caldi e Quarteto Encore, com o show “Buarqueanas”. No domingo (21), a Orquestra de Câmara volta a se apresentar, desta vez com o coro de Câmara do CPM e Liberi Cia Artística. A apresentação também será comandada por José Renato Accioly. Leila Pinheiro fecha o dia com um show às 21h.

A primeira semana é encerrada, na segunda-feira (22), com Sheyla Costa, trazendo o espetáculo intitulado ‘Na pele de Elis’, onde apresenta os principais sucessos da cantora Elis Regina. Ela será acompanhada pela Orquestra Matéria Prima. À noite, Leonardo Neiva (canto) e Leo Mancini (violão e guitarra) presenteiam o público com um show acústico.

Nos últimos dias do Festival de Inverno de Garanhuns, o Conservatório Pernambucano de Música Leva Duo Siqueira Lima para apresentação na sexta-feira (26), enquanto Boca Livre e João Bosco fecham a participação do CPM no sábado (27).

SAÚDE – No período da 29ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), o foco das ações da Secretaria Estadual de Saúde será a prevenção e a vigilância em Saúde. Com o intuito de inibir a combinação do álcool e direção, haverá a presença permanente da Operação Lei Seca de 17 até o dia 28 de julho.

O Programa Estadual de IST/Aids levará testagens rápidas de HIV, sífilis e hepatites para Garanhuns, entre 18 e 27/07. A ação será realizada no ônibus do projeto Prevenção para Tod@s e terá capacidade para acolher até 100 pessoas por dia. Além disso, a 5ª Gerência Regional de Saúde (Geres) vai montar na Praça Mestre Dominguinhos, o Chalé da Saúde com ações educativas em parceria com os municípios da área de abrangência da Regional. De segunda a quinta, a testagem será das 15h às 20h, no Parque do Eucalipto. De sexta a domingo, das 20h às 24h (local a definir). Ao todo, cerca de 12 profissionais atuarão na estratégia, que tem custo estimado de R$ 50 mil.

Em outra ação educativa da Secretaria Estadual de Saúde, haverá uma intervenção para chamar a atenção de condutores e motociclistas sobre os acidentes de trânsito.

A 29ª Edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) contará com reforço da Operação Lei Seca (OLS). Durante todos os dias do festival, blitze simultâneas serão montadas próximas aos locais onde ocorrem os principais shows. Os horários de ação serão adequados ao fluxo do movimento do Festival, dando prioridade às ações de fiscalização e educação, para diminuir os índices de acidentes de trânsito.

A OLS ainda vai distribuir materiais educativos (panfletos, bafômetros descartáveis e adesivos) referentes à prevenção aos acidentes com transportes terrestres. Durante o Festival, duas equipes, com 22 profissionais, atuarão permanentemente em Garanhuns.

A Secretaria vai instalar o Chalé da saúde, na Praça Mestre Dominguinhos, onde os profissionais do Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto (CRPAM) da 5ª Gerência Regional de Saúde e dos municípios que compõem a Regional irão atuar em ações educativas de prevenção aos acidentes com transportes terrestres. Cerca de 30 pessoas vão atuar por noite na iniciativa.

Durante o mês de julho, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) promove um mutirão para a realização de cirurgias de catarata, garantindo o tratamento gratuito no Sistema Único de Saúde (SUS), com a oferta de 2.750 procedimentos aos pacientes pernambucanos. Em Garanhuns, os procedimentos serão realizados na Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) do município. A expectativa é que a unidade, realize 700 cirurgias extras durante o mutirão.

DESENVOLVIMENTO SOCIAL – Com o objetivo de garantir os direitos da criança e adolescentes, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, ganha as ruas de Garanhuns com a campanha Criança é pra ser cuidada e protegida. Entre os dias 18 a 27 de julho, a cidade contará com ações do programa Atenção Redobrada, que é focado no enfrentamento ao abuso e exploração sexual, consumo indevido de bebidas alcoólicas, trabalho infantil, situação de rua, entre outras violações com o público infantil. Para isso, a SDSCJ realizou uma parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, além de conselhos tutelares.

A expectativa da SDSCJ é realizar ações em 100 estabelecimentos comerciais de Garanhuns e distritos, abrangendo bares, hotéis, postos de gasolina, restaurantes e supermercados. Esse trabalho tem o objetivo de promover a conscientização dos comerciantes em relação à proibição de venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos, ao trabalho infantil e à violência sexual contra crianças e adolescentes.

Em articulação com o município, a SDSCJ também garantiu a realização de uma blitz social que será realizada junto à Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Operação Lei Seca e Secretaria de Saúde de Pernambuco.

Antes do início das festividades, será realizada uma oficina com os técnicos municipais a temática Prevenir para Proteger: Fortalecendo o Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes.

Durante o mês de julho, a Caravana do 13º do Bolsa Família, coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, estará nos municípios do Agreste Meridional. Pelo menos nove cidades receberão informações do programa nos dias 22,24,25 e 26 de julho, esclarecendo detalhes sobre a iniciativa. A Caravana vai passar por Brejão, Bom Conselho, Capoeiras, Caetés, Angelim, São João, Lagoa do Ouro, Correntes e Saloá.

A Secretaria Executiva de Segmentos Sociais vai promover uma série de ações com o objetivo de fortalecer os segmentos da sociedade. Entre elas, um debate sobre a criminalização da homofobia pelo STF, uma ação educativa de conscientização sobre o envelhecimento da população e as violações contra pessoa idosa, além de rodas de diálogo com comunidades quilombolas de Garanhuns.

PREVENÇÃO ÀS DROGAS – O Festival de Inverno de Garanhuns 2019 contará com servidores, técnicos e arte-educadores oferecendo informações, cidadania e muita atitude frente ao álcool e outras drogas. A Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas preparou várias ações dos seus principais programas para os dias de música, cultura e frio. O Programa Atitude estará nas ruas, o Juventude Presente promoverá um Papo Reto com os mais jovens e o Programa Governo Presente articulará uma Ação de Cidadania, na cidade.

O Programa Atitude terá equipes nas ruas em dias estratégicos nas duas semanas do FIG. Os técnicos do Atitude nas Ruas fazem contato com os jovens para oferecer informações de saúde, distribuição de preservativos masculinos e femininos, gel lubrificante e panfletos que apresentam o Programa Atitude: uma iniciativa de acolhimento, redução de riscos e de danos entre os usuários de drogas lícitas e ilícitas. O Atitude nas Ruas estará nos palcos Mestre Dominguinhos, Pop, Instrumental e no palco do Forró.

A secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas também promoverá ações da campanha de controle de venda de bebidas alcoólicas para crianças e adolescentes. Essas ações procuram dar publicidade à proibição legal de vender, dar ou oferecer álcool para consumo a adolescentes e a crianças. As ações vão ocorrer em bares, restaurantes, quiosques e outros pontos de venda de bebidas alcoólicas. Outras ações programadas são as blitze educativas de prevenção à violência e às drogas.

O Juventude Presente programa uma rodada de diálogos sobre prevenção à violência, tipo Papo Reto. O formato Papo Reto é um modelo de troca de informações, no qual os adolescentes, jovens e militantes das causas juvenis são convidados a dialogar sobre um assunto. O modelo tem mão dupla no fluxo das informações. Ele serve para o Governo de Pernambuco difundir suas políticas de prevenção à violência e às drogas para a juventude e também é o momento de ouvir os posicionamentos dos cidadãos com menos de 30 anos de idade.

O Governo Presente vai realizar, no sábado (dia 20), uma Ação de Cidadania: um mutirão de serviços do Estado, em parceria com a Prefeitura de Garanhuns e de empresas privadas interessadas em difundir seus serviços. Ação de Cidadania costuma reunir, a partir das 8h, pouco mais de 100 serviços, como emissão de 2ª via do RG, CPF, certidão de nascimento, casamento e óbito. Informações sobre mediação de conflitos, esclarecimento de direito do consumidor, registro no Benefício de Prestação Continuada (BCP) e inscrição no Programa Bolsa Família, para citar os serviços mais procurados. Há vários serviços e difusões de informações relacionadas à saúde, como exames de mamografia, colo de útero, aferição de pressão sanguínea, teste de glicemia no sangue, HIV e sífilis. Empresas como a Compesa e a Celpe têm na Ação de Cidadania um posto de negociação de dívidas.

TURISMO - A Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco, por meio da Empetur, promove diversas ações para o trade turístico e público final durante o 29º Festival de Inverno de Garanhuns. O evento acontece dos dias 18 a 27 de julho, em Garanhuns, no Agreste pernambucano.

A Diretoria de Estruturação do Turismo (DET) da Empetur realizará duas ações. Entre elas, será feito um trabalho de sensibilização do trade turístico local sobre a importância do Cadastur. O cadastro nacional reúne todas as empresas devidamente licenciadas pelo Ministério do Turismo para prestarem serviços e a atividade turística.

Ainda sob a responsabilidade da DET, o CAT Móvel, unidade itinerante do Centro de Atendimento ao Turista viajará a Garanhuns, oferecendo atendente bilíngue para orientar o público sobre as principais rotas do Estado. O CAT atuará durante todo o FIG, disponibilizando material promocional dos destinos, incluindo folhetos da Rota 232, Rota 104, Rota da Confecção, Rota Rural e a folheteria Roteiros Turísticos. Serão distribuídos ainda mapas do Recife e do Litoral Sul e Norte de Pernambuco, em português, inglês e espanhol.

Na área da promoção turística, serão promovidas ações em diversas áreas da cidade, incentivando a interação do público. O objetivo é estimular a interação do público com a nova campanha de divulgação do turismo, Bora Pernambucar. Haverá sinalização especial ao longo da BR 232 e 423, além da presença de walkmídias (promotores com imagens dos destinos acopladas às costas), distribuindo adesivos e folheteria. Também será feita publicidade com mídia em TV, rádio e internet, sobre destacando o FIG – Maior festival de cultural do Brasil, com o mote da nova campanha.

MULHER – O Festival de Inverno de Garanhuns – FIG 2019 – entra para o cenário nacional como o maior festival de cultura do Brasil. A Secretaria da Mulher de Pernambuco – SecMulher-PE - vai estar na região e em Garanhuns com ações nas áreas de segurança pública, inclusão da mulher no mercado de trabalho, atendimento na Ouvidoria da Mulher e visitação nos Organismos Municipais de Políticas Públicas para as Mulheres.

Nos dias 23, 24 e 25 de julho, a campanha Violência contra a Mulher não dá Frutos estará nos municípios de Garanhuns, Brejão e Bom Conselho levando atendimento jurídico, psicossocial e rodas de diálogo para as mulheres das comunidades rurais. A unidade móvel, mais conhecida como ônibus lilás, realiza a roda de conversa, na manhã do dia 23, na Comunidade de Castainho e à tarde estará no Distrito de Miracica. Já no dia 24, a visita será feita à Comunidade de Santa Rita (manhã) e Sítio da Baixa Verde (tarde). O último município que receberá as profissionais será a Comunidade Sítio Jerimum (tarde).

Na ação de inclusão das mulheres no empreendedorismo, a SecMulher em parceria com a AD-Diper/Centro do Artesanto de Pernambuco, estará com grupos de mulheres artesãs das regiões próximas e de Garanhuns comercializando as peças produzidas que refletem a cultura da cada município.

No FIG 2019, as mulheres terão atendimento especializado através da Ouvidoria da Mulher que atende pelo 0800-281.8187. A ouvidora Sileide Oliveira participa da unidade de atendimento, de 18 a 21 de julho, recebendo as mulheres e realizando as consultas. A Ouvidoria da Mulher é um canal de comunicação entre a população e a SecMulher. Através dele as pessoas podem fazer solicitações, denúncias, reclamações e sugestões.

A secretária da Mulher do Estado, Silvia Cordeiro e equipe vão visitar 16 prefeituras da região e os Organismos Municipais de Políticas Públicas para as Mulheres. A visita tem o objetivo de fortalecer as políticas públicas cada localidade através de reuniões de alinhamento.

INFRAESTRUTURA – A PE-177, uma das principais rodovias do Agreste Meridional do Estado, está recebendo, desde o início de junho, ações de requalificação através do Programa Caminhos de Pernambuco, como capinação, recuperação asfáltica e limpeza dos dispositivos de drenagem. Estão sendo contemplados os trechos do Km 0,0 ao Km 6,0, e do Km 12,5 ao Km 18,5, sentido Quipapá/Garanhuns. O trabalho de requalificação asfáltica está com 35% de execução.

A iniciativa está sendo executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), sob a coordenação da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, com prazo de conclusão previsto para primeira quinzena do próximo mês de julho. As ações vão melhorar a trafegabilidade na rodovia, proporcionar mais segurança e conforto aos usuários, além de facilitar o escoamento da produção agrícola e da bacia leiteira.

Na questão do abastecimento de água durante o FIG, a Compesa garante a distribuição diária para quase todos os bairros de Garanhuns.

DESENVOLVIMENTO URBANO – O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – Detran-PE, por meio da Diretoria de Engenharia e Fiscalização de Trânsito, vai levar para o Festival de Inverno de Garanhuns, a Operação Prevenção, sob o título “Segundo que salvam vidas”. Como prevenção, será disponibilizado pelos agentes de trânsito o etilômetro para as pessoas que estão participando das festividades façam o teste de alcoolemia “Antes de Pegar o veículo”, para pegar a estrada, e, caso seja constatado o uso do álcool, os agentes solicitaram aos motoristas que passem a chave do carro para quem não bebeu.

Além disso, os agentes de trânsito estarão dando dicas de segurança no trânsito, alertando sobre o perigo da mistura fatal de álcool e direção; condução de veículo falando ou manuseando o celular; uso correto de cadeirinha, acento de elevação e bebê conforto; uso do cinto de segurança por todos os ocupantes do veículo; uso correto dos equipamentos de segurança na condução de motos; e as condições dos pneus e do sistema elétrico dos veículos e a maneira correta de acondicionamento das bagagens.

Paralelo a isso, técnicos da Diretoria de Operações estarão com o Detran Itinerante, acompanhado da Coordenadoria de Educação para Trânsito, que consiste em um equipamento com todos os serviços disponibilizados em uma loja do shopping. O ônibus é climatizado e conta com três guichês de atendimento, gerador próprio e computadores com acesso a internet para fazer o atendimento interligado com a base de dados do Detran-PE, onde estão sendo oferecidos serviços de emissão da Nada Consta; Renovação e 2ª via da CNH; Captura de Imagem; emissão de taxas, multas e agendamento de serviço.

MEIO AMBIENTE – A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) estão levando para a programação do FIG 2019 vídeos sobre as Unidades de Conservação de Pernambuco, exposição fotográfica de animais silvestres, contação de histórias e cordel e dicas de consumo consciente.

Uma das ações que vai levar conscientização ambiental para quem vai curtir o festival são vídeos que serão exibidos nos palcos mostrando a importância de reduzir a utilização de plástico, como ele polui o meio ambiente e como podemos ajudar nessa redução. Os vídeos serão exibidos em vários horários, durante todo o período do festival, que vai de 18 a 27 de julho. A exposição fotográfica “Animais Silvestres: Eles precisam de nós”, revela como o tráfico de animais, a caça, a criação indevida dessas espécies é prejudicial para a biodiversidade brasileira. A mostra será realizada na Galeria Galpão, de 18 a 27 de julho.

Outra atração que vai mostrar ao público a beleza das áreas protegidas do estado é o cine ambiental. Serão seis curtas-metragens sobre as Unidades de Conservação Pernambucanas. A exibição no Cine Eldorado será de 19 a 26 de julho, todos os dias às 10h30, e nos dias 19 e 23 de julho, também haverá exibição às 21 horas.

O público infantil também será contemplado com a contação de história “Herói de sete cores”, que pretende encantar o público com as aventuras de uma das espécies de aves do Nordeste Brasileiro: o pintor-verdadeiro. Ainda tem declamação de cordel “Lixo: e eu com isso?”, que mostra de forma lúdica como todos podem contribuir com a redução de resíduos e ajudar o meio ambiente. As apresentações serão na Praça da Palavra, sempre às 15 horas.(com informações do cultura.pe.gov.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Homem morre após colidir carro em caminhão em São Caetano no Agreste de Pernambuco



Durante ultrapassagem jovem morre após colidir carro em caminhão em São Caetano (PE)

Um homem morreu em um acidente registrado na noite deste último sábado (27) na Rodovia BR-423 em São Caetano, agreste pernambucano.

Segundo informações, o homem conduzia um carro modelo FORD/KA quando tentou fazer uma ultrapassagem e acabou batendo na lateral de um caminhão, a colisão foi tão violenta que o carro ficou destruído e o homem morreu instantaneamente.

O condutor do veículo ficou no local até a chegada da polícia e prestou todos os esclarecimentos. O corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Caruaru e o motorista foi liberado.

Caixa paga segunda parcela do auxílio emergencial

Por Agencia Brasil
A Caixa Econômica Federal continua a pagar hoje (21) a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), seguindo o cronograma iniciado na última segunda-feira (18).

No caso do Bolsa Família, o calendário está dividido conforme as datas habituais de pagamento para quem integra o programa. Para as demais pessoas, o pagamento será de acordo com o mês de nascimento.

Hoje será feito o pagamento para os beneficiários do Programa Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) final 4. Amanhã (22) será a vez daqueles com NIS final 5 e na próxima segunda-feira (25), NIS final 6. O crédito segue nessa ordem, de um NIS por dia, menos no fim de semana, até o número zero, que será pago no dia 29 deste mês. Recebem o auxílio diariamente 1,9 milhão de pessoas, que podem sacar o benefício pelo cartão do Bolsa Família, segundo o Ministério da Cidadania.
Pagamento em contas digitais

Ontem (20) começou o crédito nas contas sociais digitais da Caixa para as pessoas que nasceram nos meses de janeiro e fevereiro e que não estão no grupo do Bolsa Família. Hoje, o pagamento será para quem nasceu em março e abril, e assim por diante, tirando o domingo (24).
Saques

O calendário para saques da segunda parcela é diferente do calendário do crédito nas contas digitais e tem início em 30 de maio (um sábado), para os nascidos em janeiro. No dia 1º de junho, os saques serão permitidos para quem nasceu em fevereiro, seguindo nessa ordem até 13 de junho para os nascidos em dezembro. No dia 7 de junho (domingo) não há saques.

Ontem, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que a segunda parcela do auxílio emergencial só será depositada em contas fora da Caixa Econômica Federal a partir do dia 30. Segundo ele, os beneficiários receberão o dinheiro automaticamente na conta corrente fora da Caixa no período de 30 de maio a 13 de junho, conforme o mesmo cronograma de saque em espécie do segundo lote.

Veja o calendário de depósitos para beneficiários do Bolsa Família:
Último dígito do NIS:Data do crédito:1 18 de maio
2 19 de maio
3 20 de maio
4 21 de maio
5 22 de maio
6 25 de maio
7 26 de maio
8 27 de maio
9 28 de maio
0 29 de maio


Veja o calendário para depósito em poupança social:
Nascidos em:Dia de recebimento do benefício:janeiro e fevereiro 20 de maio
março e abril 21 de maio
maio e junho 22 de maio
julho e agosto 23 de maio
setembro e outubro 25 de maio
novembro e dezembro 26 de maio


Veja o calendário para saque e transferência da poupança social:
Nascidos em:Liberado em:janeiro 30 de maio
fevereiro 1 de junho
março 2 de junho
abril 3 de junho
maio 4 de junho
junho 5 de junho
julho 6 de junho
agosto 8 de junho
setembro 9 de junho
outubro 10 de junho
novembro 12 de junho
dezembro 13 de junho

Primeira parcela

No último sábado (16), a Caixa creditou R$ 246 milhões para 405.163 pessoas ainda da primeira parcela.

Entre o dia 19 e 29 deste mês, a Caixa credita a primeira parcela para mais 8,3 milhões de beneficiários. Serão disponibilizados R$ 5,3 bilhões nas contas indicadas no momento da inscrição.

Para quem desejar fazer o saque nas agências desse novo lote da primeira parcela, o calendário também será pelo mês de nascimento. No último dia 19, o pagamento foi liberado para os nascidos em janeiro; no dia 20, para quem nasceu em fevereiro; hoje (21), para os aniversariantes de março; amanhã (22), para os de abril; e no sábado (23), para quem nasceu nos meses de maio, junho e julho.

O pagamento da primeira parcela volta a ser feito na segunda-feira (25) para quem nasceu em agosto, na terça-feira (26), para os nascidos em setembro, e assim por diante até a sexta-feira (29).

Quem não conseguir ir ao banco no dia correspondente ao mês de aniversário pode ir em algum dia posterior.

Pesquisa Google

INSS paga segunda parcela do 13º a partir de segunda-feira



O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa, na próxima segunda-feira (25), a pagar o 13º de aposentados e pensionistas. O depósito da segunda parte desse abono anual será realizado no período de 25 de maio a 5 de junho, conforme a tabela de pagamento de 2020. A antecipação do 13º é uma das medidas anunciadas pelo governo federal para o enfrentamento da pandemia da covid-19.

Para aqueles que recebem um salário mínimo, o depósito da antecipação será feito entre os dias 25 de maio e 5 de junho, de acordo com o número final do benefício, sem levar em conta o dígito verificador. Segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados entre os dias 1º e 5 de junho.

Segundo o Ministério da Economia, em todo o país, 35,8 milhões de pessoas receberão seus benefícios de maio. O INSS injetará na economia um total de R$ 71,5 bilhões. Desse total de pagamento referente a maio, 30,8 milhões de beneficiários receberão a segunda parcela do 13º, o equivalente a R$ 23,8 bilhões.

Por lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Na hipótese de cessação programada do benefício, prevista antes de 31 de dezembro de 2020, será pago o valor proporcional do abono anual ao beneficiário. Nesta parcela, vale lembrar, é feito o desconto do Imposto de Renda (IR).

Aqueles que recebem benefícios assistenciais – Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/LOAS) e Renda Mensal Vitalícia (RMV) – não têm direito ao abono anual.
Como saber qual é o dia do pagamento

Para saber o dia do pagamento, é preciso verificar o número do benefício. Cada benefício pago pelo INSS é composto por uma numeração única e segue um padrão de 10 dígitos no seguinte formato: Número do Benefício (NB): 999.999.999-9

O número a ser observado é o penúltimo algarismo. Além dessa informação, também é necessário observar se o benefício é de um salário mínimo ou mais.

Por Agencia Brasil

Pernambuco recebe mais 35 respiradores para equipar hospitais na capital e interior

Foto: Hélia Scheppa/SEI
Aparelhos adquiridos pelo Governo do Estado a uma empresa de São Paulo seguirão para as cidades do Recife, Vitória de Santo Antão, Goiana, Garanhuns e Serra Talhada
O Governo de Pernambuco recebeu, na tarde desta terça-feira (19), mais 35 respiradores comprados à empresa Intermed. Os equipamentos fazem parte de um lote de 100 aparelhos adquiridos no mês de março. Os primeiros 35 foram entregues graças a uma decisão da Justiça, que determinou a busca e apreensão na empresa, localizada no Estado de São Paulo, que não entregou na data correta. Já os de hoje chegaram ao Estado dentro do prazo. Nos próximos dias a empresa deverá realizar a entrega dos 30 equipamentos restantes.

Dez dos 35 respiradores recebidos hoje serão enviados ao Hospital João Murilo, em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata. Outros dez vão para o Hospital Referência Covid-19 Recife, em Boa Viagem (antigo Alfa). Seis aparelhos seguirão para a UPAE de Goiana, município da Mata Norte; cinco irão para o Hospam de Serra Talhada, no Sertão do Pajeú; e quatro vão para a UPAE de Garanhuns, no Agreste Meridional.

MAIS ISOLAMENTO – Um balanço dos resultados diários das pesquisas publicadas pelo instituto Inloco, feito hoje, indica que as medidas restritivas começam a apresentar resultados positivos na questão do isolamento social. Essa taxa, em Pernambuco chegou aos 49,5%, na última segunda-feira (18), um aumento de 2,5% em relação ao dia 11. No Recife esse percentual foi ainda maior, chegando aos 55,5%. Olinda vem logo depois, com 55,4%, seguida de Jaboatão dos Guararapes, com 52,2% de taxa de isolamento. Camaragibe registrou 52,5% e São Lourenço da Mata marcou 51,8%. A média de Pernambuco foi a mais alta do Brasil, de acordo com a Inloco.

A Operação Quarentena contabilizou, até o momento, um total de 11.368 veículos abordados e 13.200 pessoas orientadas nas ruas dos cinco municípios da Região Metropolitana desde seu início, no sábado passado (16). As blitzes continuarão diariamente até 31 de maio, quando termina a validade das medidas restritivas de circulação de pessoas. Nesta terça (19), foram ativados 43 pontos de bloqueio montados no Recife e em Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata.

Somente na segunda (18), o efetivo realizou abordagens a 4.675 veículos, a fim de conferir a obediência ao rodízio e o deslocamento comprovado para exercer uma atividade essencial. As equipes deram orientações a 4.286 pedestres, reforçando que podem sair de casa apenas as pessoas que justifiquem o trabalho ou acesso a uma necessidade essencial. Ninguém precisou ser conduzido coercitivamente por desobediência às normas do decreto.

Estabelecimentos comerciais, bares e restaurantes têm sido igualmente alvo de fiscalizações, nas quais o Corpo de Bombeiros Militar e a Polícia Militar atuam em conjunto com equipes de controle urbano e vigilância sanitária das cidades abrangidas pelos decretos. Nos três dias de operação, 4.308 locais foram fiscalizados. Desses, 1.517 estavam abertos regularmente, 2.555 já se encontravam fechados e 236 tiveram de fechar as portas após a fiscalização.

AÇÃO SOCIAL – A Ação Integrada de Quarentena levou para a população de Vera Cruz, em Aldeia, município de Camaragibe, a necessidade de todos obedecerem ao isolamento social como medida de proteção e prevenção contra os riscos de contágio pelo novo coronavírus. Também foi realizada a higienização de ruas, sendo utilizados dois mil litros de produtos.

Equipes formadas por servidores do Estado, da Prefeitura de Camaragibe e voluntários da Central Única das Favelas em Pernambuco (Cufa-PE) distribuíram duas mil máscaras de tecido compradas ao polo têxtil do Agreste e doadas pelo Governo de Pernambuco; foram realizados testes de temperatura corporal em 350 pessoas e instalado provisoriamente um lavatório com água, sabão e toalha descartável à disposição da população. Técnicos em enfermagem fizeram 150 testes rápidos do nível de glicose no sangue e aferiram a pressão de 199 pessoas. Os voluntários entregaram 400 kits de higiene pessoal e limpeza, na Comunidade de Casinhas.

TRANSPORTE – O Grande Recife Consórcio registrou uma redução de 24,95% no volume de passageiros da segunda-feira (18) em relação ao dia 11 de maio. Foram 253.658 passageiros contra 338.005 registrados na segunda feira anterior.

Ampliação de auxílio emergencial pode gerar impacto de R$ 10 bi



A ampliação do auxílio emergencial de R$ 600 para mais categorias de trabalhadores informais pode gerar impacto de cerca de R$ 10 bilhões nas finanças públicas, informou hoje (15) o Ministério da Economia, em nota técnica. A proposta foi aprovada no Senado e está em tramitação na Câmara dos Deputados.

O projeto prevê o pagamento do auxílio emergencial para mães menores de 18 anos de idade. Também permite acumular o auxílio emergencial com o programa Bolsa Família (com direito a, no máximo, dois auxílios emergenciais ou um auxílio emergencial e um Bolsa Família).

Outra medida prevista no projeto é a exclusão da restrição que impede o interessado com renda superior a R$ 28.559,70, auferida no ano de 2018, de ter direito ao auxílio emergencial. Mas estabelece que aqueles que tiverem rendimento superior a esse limite em 2020 e receberem o auxílio deverão devolver seu valor na Declaração de Imposto de Renda de 2021.

Também permite o recebimento do auxílio no valor de R$ 1,2 mil por pais solteiros, não somente mães como atualmente, além de incluir agricultores familiares e pescadores artesanais e empregados domésticos

MEC libera R$ 364 milhões para alimentação escolar em todo o país



O Ministério da Educação (MEC) informou, nesta quarta-feira (29) que foram liberados antecipadamente R$ 364,4 milhões para estados e muncípios aplicarem na alimentação escolar durante a pandemia do novo coronavírus. Os recursos são do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE). O valor é referente à parcela do mês de maio destinada às unidades da federação. 

De acordo com as orientações do FNDE, devido à suspensão das aulas por causa da covid-19, a distribuição de alimentos tem de ser feita por meio de kits, que devem ser elaborados conforme as regras do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), levando-se em conta os hábitos alimentares de cada região e a qualidade nutricional. 

O Pnae oferece alimentação a cerca de 40 milhões de estudantes da educação básica pública em todo o país diariamente. Desde o início do ano, R$ 1,4 bilhão do programa foram destinados a estados e municípios.

Por Agrecia Brasil.

Estudo mostra que novo coronavírus consegue infectar neurônios humanos






Por Agencia Brasil,  Reuters

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) confirmaram que o novo coronavírus (SARS-CoV-2) é capaz de infectar neurônios humanos. Os pesquisadores vão investigar agora de que modo o funcionamento dessas células nervosas é alterado pela infecção. O projeto tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

A constatação ocorreu por meio de experimentos in vitro, ou seja em cultura de células, pela técnica de PCR em tempo real, a mesma usada no diagnóstico da covid-19 em laboratórios de referência. Segundo o professor do Instituto de Biologia, Daniel Martins-de-Souza, coordenador da pesquisa, a partir desse primeiro resultado, o grupo vai comparar as proteínas e metabólitos das culturas celulares antes e depois da infecção pelo novo coronavírus. Dessa forma, será possível observar como o padrão das moléculas muda e então tentar explicar como o vírus age no sistema nervoso central.

“A primeira parte do trabalho era ver se o vírus pode entrar nessas células. A resposta é sim, os vírus entram nos neurônios. O que a gente vai fazer agora é o uso das ferramentas de química analítica que a gente tem e, com uma técnica chamada espectrometria de massas, a gente consegue monitorar moléculas nas células, como proteínas, metabólitos e como os lipídios, por exemplo, que são as moléculas de gordura”, explicou Martins-de-Souza.

Segundo o coordenador da pesquisa, a curto prazo, a previsão é que, com o estudo, se entenda o que o vírus faz quando dentro de um neurônio. “Esse é o segundo passo e o mais importante do nosso trabalho porque é aí que a gente vai conseguir entender e até responder qual é o problema do vírus entrar na célula”.

O pesquisador ressalta que é cedo para conclusões clínicas, mas afirma que a infecção dos neurônios pelo vírus traz a possibilidade de mais riscos aos pacientes. “A gente começou a observar na literatura a aparição de sintomas neurológicos em pacientes. Mas, antes disso até, um dos primeiros sintomas que aparecem em pessoas acometidas pelo coronavírus é a perda de olfato - anosmia -, que é algo mediado pelo sistema nervoso”, disse.

“O fato de haver anosmia, os pacientes apresentarem sintomas neurológicos e já ter alguns estudos saindo, mostrando algumas lesões observadas pós-morte no cérebro de pacientes com covid-19, pode sugerir que, se o vírus de fato chegar ao cérebro, ele pode ser prejudicial para o paciente, mas ainda é muito cedo para afirmar tudo isso”, explicou. Martins-de-Souza reforçou que essa é uma hipótese a ser testada pelos pesquisadores.

TSE lança site para regularização de título de eleitor


PorAgência Brasil
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou hoje (28) uma campanha para regularização eletrônica do título de eleitor. Diante da pandemia do novo coronavírus e o fechamento dos cartórios eleitorais, o TSE pede que os eleitores resolvam as pendências no documento de forma eletrônica, no site criado pelo tribunal.

O prazo vale para quem tem o título e para jovens de 16 anos que vão votar pela primeira vez e querem solicitar o documento. Os eleitores que estiverem com pendências no documento não poderão votar nas eleições de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

Com o fim do prazo, o cadastro eleitoral será fechado e nenhuma alteração será permitida, somente a impressão da segunda via do título será autorizada. A medida é necessária para que a Justiça Eleitoral possa saber a quantidade de eleitores que estão em dia com o documento e poderão votar.

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

Caixa paga 1ª parcela do auxílio emergencial a 5,1 milhões de pessoas



A Caixa paga hoje (28) mais R$ 3,6 bilhões do auxílio emergencial para 5,1 milhões de beneficiários. Deste total, R$ 2,1 bilhões serão destinados para mais 3,26 milhões do total de elegíveis que se inscreveram pelo aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial e pelo site. Mais de R$ 1,7 bilhão serão creditados em contas da Caixa e R$ 341.409.600 em contas de outros bancos.

Segundo a Caixa, desde o dia 9 de abril, quando teve início o pagamento do auxílio emergencial do governo federal, o total de pessoas que tiveram o benefício creditado pelo banco somam 44,3 milhões, num total de R$ 31,3 bilhões. Dentre os inscritos pelo aplicativo e site, 15,2 milhões já receberam o auxílio e totalizarão 18,4 milhões de pessoas com esse novo pagamento.

Até a noite dessa segunda-feira (27), 48,5 milhões de cidadãos já se cadastraram para recebimento do benefício. O site superou a marca de 406,2 milhões de visitas e a central exclusiva 111 registra mais de 90,6 milhões de ligações. O aplicativo Auxílio Emergencial Caixa soma 63,8, milhões de downloads e o aplicativo Caixa Tem, para movimentação da poupança digital, supera 52,7 milhões de downloads.
Poupança e Bolsa Família

A Caixa esclarece que os beneficiários do auxílio emergencial que receberam o crédito em poupança do banco podem movimentar o valor digitalmente pelo Internet Banking ou utilizar o cartão de débito em suas compras. Aqueles que receberam o crédito por meio da poupança digital do banco podem pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras, bem como fazer transferências para outras instituições financeiras por meio do aplicativo Caixa Tem.

Os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para receber o auxílio receberão o crédito no mesmo calendário e na mesma forma do benefício regular. Segue o calendário dos próximos pagamentos para este público:

Terça-feira (28):

1.917.991 pessoas – NIS final 8

Quarta-feira (29):

1.920.953 pessoas – NIS final 9

Quinta-feira (30):

1.918.047 pessoas – NIS final 0
Saque em espécie

Desde ontem (27), os beneficiários que receberam o crédito do auxílio emergencial na poupança social digital já têm a possibilidade de saque do benefício em espécie. O saque pode ser realizado nos caixas eletrônicos da Caixa, nas unidades lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, de forma escalonada, de acordo com o mês de nascimento.

Na data prevista, conforme o calendário abaixo, os cidadãos terão esta opção habilitada no aplicativo Caixa Tem, para geração de um código autorizador de saque.
Confira o calendário

27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro

28 de abril – nascidos em março e abril

29 de abril – nascidos em maio e junho

30 de abril – nascidos julho e agosto

4 de maio – nascidos em setembro e outubro

5 de maio – nascidos em novembro e dezembro

Segundo a Caixa, o calendário do saque em espécie foi instituído com o objetivo de evitar aglomerações nos pontos de atendimento, o que exporia empregados, parceiros e clientes ao risco de contágio do novo coronavírus (covid-19).

Para realizar o saque, é preciso atualizar o aplicativo Caixa Tem, fazer o login, selecionar a opção “saque sem cartão” e informar o valor a ser retirado. O aplicativo vai gerar um código autorizador para saque, com validade de duas horas, que deve ser utilizado nos caixas eletrônicos, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.
Nova versão do aplicativo Caixa Tem

Para acessar a funcionalidade do saque sem cartão, a Caixa liberou uma nova versão do aplicativo. A atualização já está disponível para download. Além da funcionalidade “saque sem cartão”, a nova versão do aplicativo também traz ampliação da capacidade de acessos simultâneos, disponibilizando uma previsão de atendimento aos usuários que não conseguirem acesso imediato nos horários de maior utilização.

O banco lembra que o Caixa Tem está disponível exclusivamente para clientes da poupança digital. Os beneficiários do Bolsa Família, pessoas que já têm poupança na Caixa e correntistas de outros bancos não precisam baixar o aplicativo.

Correios lançam programa de logística para comércio eletrônico




Fernando Frazão /Agencia Brasil
Os Correios criaram um programa de logística de entrega de encomendas de comércio eletrônico para micro e pequenas empresas que tenham ou queiram abrir loja virtual.

O programa Aproxime pode ser contratado pela internet sem a necessidade de deslocamento a uma agência. No cadastro, é necessário inscrever o E-CNPJ fornecido por autoridade certificadora indicada pela Receita Federal.

Não há valor mínimo para fazer o contrato, mas há descontos progressivos conforme o volume de vendas entregues. O pagamento dos serviços logísticos pode ser feito quinzenalmente ou mensalmente pela empresa contratante.

Para enviar a encomenda, as empresas podem solicitar a coleta ou levar os produtos à agência dos Correios mais próxima – mais de 7 mil em todo o país. Até dez pequenos volumes, o próprio carteiro pode recolher e levar para a agência para despacho.

Há mais de uma modalidade de envio pelos Correios, com preços diferenciados de acordo com a agilidade do serviço. No momento da compra, o consumidor deve escolher qual a modalidade que prefere. O consumidor também pode escolher retirar o produto na agência postal ou indicar o local onde a mercadoria será entregue pelo carteiro.

Segundo os Correios, a iniciativa favorece a circulação de mercadorias durante o período de distanciamento social e fechamento de comércio por causa da pandemia da covid-19. 

A apresentação do programa Aproxime está disponível no canal dos Correios no YouTube. No mesmo canal, na próxima quinta-feira (30), os Correios divulgarão vídeo sobre como abrir uma loja virtual, destinado a micro e pequenos empresários.

Caatinga: um bioma que podemos chamar de nosso





Os índios chamavam de “Mata Branca ou Floresta Branca” a área de vegetação que perde totalmente as suas folhas, na estação da seca. Época do ano em que a paisagem ganha um tom cinza - quase branco - marcada pelas árvores desfolhadas. Assim é a Caatinga. Tem aparência de morta, enquanto a chuva não cai. Reserva-se para se vestir de verde, quando a chuva alimenta a terra seca e, assim, segue o ciclo natural da vida, no clima semiárido. É o único bioma que existe apenas no território brasileiro.


Para chamar à reflexão sobre a importância do bioma, o dia 28 de abril passou a ser o Dia Nacional da Caatinga, oficializado por meio do Decreto Federal de 20 de agosto de 2003. A data marca também o nascimento do pernambucano João Vasconcelos Sobrinho (1908 -1989), um dos pioneiros estudiosos da área ambiental do país. 


À exceção do estado do Maranhão, o bioma está presente nos demais estados nordestinos. Em Pernambuco, a área de domínio do Bioma Caatinga é de 83% do território. Além do Nordeste, está presente apenas no estado de Minas Gerais. A área é rica em diversidade de espécies da fauna e da flora e muitas delas são endêmicas, ou seja, só existem no bioma. Algumas espécies estão em vias de extinção, como o tatu-bola. Embora essa riqueza, a Caatinga vive sob ameaças, principalmente devido ao alto índice de desmatamento. 


“Além das práticas ilegais cometidas na área, como o desmatamento e a caça, existem as vulnerabilidades às mudanças climáticas. O Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, vem empreendendo esforços para preservar a Caatinga, inclusive com a criação de novas Unidades de Conservação”, comentou o diretor-presidente da CPRH, Djalma Paes. No ano de 2012, o Governo do Estado criou a primeira UC do bioma: o Parque Estadual Mata da Pimenteira (PEMP), em uma área de 887,24 ha, no município de Serra Talhada. A segunda UC da Caatinga, a Serra da Canoa, tem 7.598,71 ha e fica no município de Floresta. Depois dessas, mais seis Unidades de Conservação foram criadas na Caatinga, totalizando 148.398,19 hectares de áreas protegidas.
Por Agencia Brasil

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) informou, em nota divulgada nesta terça-feira (12), que o governo federal está destinando R$ 144 milhões para assegurar a execução de serviços do Projeto de Integração do Rio São Francisco e outras obras que garantirão o abastecimento da população nos estados de Pernambuco, do Ceará, da Paraíba e de Alagoas. Com esses recursos, os investimentos em projetos para reforçar o abastecimento de água no Nordeste somam R$ 1,4 bilhão em 2019.

O montante contabiliza investimentos para operação e manutenção da transposição do Rio São Francisco nos dois eixos do projeto (Norte e Leste), a recuperação de reservatórios considerados estratégicos e outras obras para ampliar a oferta de água na região. As primeiras obras da transposição foram iniciadas em 2007 pelo Exército.

O Eixo Norte é um canal de 400 quilômetros que faz a captação de águas próximo à cidade de Cabrobó (oeste de Pernambuco) para alimentação dos rios Salgado e Jaguaribe, com a finalidade de levar água a reservatórios no Ceará, no Rio Grande do Norte e na Paraíba. No Eixo Leste, o canal, que tem mais de 200 quilômetros, leva água ao Rio Paraíba para abastecer reservatórios em Pernambuco e na Paraíba.

Além de viabilizar o fornecimento de água, a execução das obras gera emprego na região. Em Pernambuco, foram aplicados R$ 24,2 milhões no Ramal do Agreste (Eixo Leste), que emprega 2,6 mil trabalhadores. Só no estado, a obra leva águas do São Francisco “a mais 2,2 milhões de pessoas em 68 municípios”, informa o MDR.

Também este ano, os investimentos somam cerca de R$ 77 milhões no Cinturão das Águas do Ceará (CAC). “A expectativa é que, no primeiro trimestre do próximo ano, a água esteja disponível no Reservatório Jati (...) beneficiando os municípios abastecidos pelo Rio Jaguaribe e a Região Metropolitana de Fortaleza - cerca de 4,5 milhões de pessoas”, diz a pasta.

Já o Canal do Sertão Alagoano totaliza R$ 84,1 milhões de investimentos em 2019. Os recursos visam ao funcionamento de um sistema adutor (transporte da água) com captação no reservatório da Usina Hidrelétrica de Moxotó. De acordo com descrição da pasta do Desenvolvimento Regional, essa estrutura parte do município de Delmiro Gouveia e segue até a cidade de Arapiraca “e atenderá mais de 1 milhão de moradores em 42 municípios alagoanos”.

Na Paraíba, o projeto Vertente Litorânea totalizará R$ 36,3 milhões do ministério em 2019. Esse sistema adutor vai integrar bacias litorâneas com as águas do Eixo Leste do Projeto São Francisco disponibilizadas no Rio Paraíba, após abastecer o Reservatório Epitácio Pessoa, em Boqueirão, na Paraíba. “Quando concluídas, as obras irão beneficiar uma população de 630 mil habitantes, com abastecimento humano e água para irrigação e indústria”, prevê o MDR.