1



Está lançada a programação cultural mais aguardada de Pernambuco. O Governo do Estado inicia a contagem regressiva para o Festival de Inverno de Garanhuns, maior evento artístico do País, integralmente realizado com recursos governamentais. Coordenado pela Secretaria de Cultura e pela Fundarpe, o FIG 2019 conta ainda com apoio da Cepe Editora, Sesc e Sebrae, e parceria com a Prefeitura de Garanhuns. Confira (aqui) a programação completa.


De 18 a 27 de julho, o público poderá conferir a programação nos palcos, nas praças, nos parques, nos pavilhões, no teatro, no cinema e na catedral, pelas ruas e em diversos outros espaços da cidade, totalmente lotada de turistas e visitantes que vêm curtir, além do frio, sua programação imperdível. Além das milhares de pessoas que serão aguardadas nos 21 polos montados, o FIG 2019 vai registrar uma enorme audiência em todo o país por meio de transmissões em pelo menos cinco emissoras de TV, uma dezena de emissoras de rádio e inúmeros canais web.

O Governo do Estado não está medindo esforços financeiros, de pessoal, equipamentos e ações para garantir o sucesso da 29ª edição do FIG. Além da Secretaria de Cultura e Fundarpe, mais de uma dezena Secretarias e órgãos estaduais estão envolvidos, como as Secretarias de Defesa Social, Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, Criança e Juventude; Política de Prevenção às Drogas, Turismo, Mulher, Desenvolvimento Urbano e Habitação, Infraestrutura e Recursos Hídricos; Meio Ambiente e Sustentabilidade, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, DER, Detran, Polícia Cientifica e o Conservatório Pernambucano de Música.

Essas instituições governamentais estão levando serviços diversos, garantindo ações efetivas em diversas áreas, como segurança, saúde e infraestrutura. São ações voltadas para apoiar a população e os turistas durante os 10 dias do FIG, garantindo que esse, que é considerado o maior festival multiartistico do Brasil tenha sucesso mais uma vez.

Seguindo a tradição, o festival elege um grande homenageado e, em sua 29ª edição, a vez é do paraibano Jackson do Pandeiro, cujo centenário de nascimento é celebrado este ano. A obra de Jackson é uma influência definitiva para a música brasileira, nos mais variados gêneros e estilos. A homenagem a Jackson será uma tônica no FIG, não só com um tributo no Palco Dominguinhos, mas também em espaços como a Praça da Palavra, onde haverá o lançamento do livro Jackson em Quadrinhos, do escritor Fernando Moura, biógrafo de Jackson. A Praça da Palavra, por sua vez, também elege um homenageado, que este ano é o escritor, poeta, cineasta, tropicalista Jomard Muniz de Britto.

A força do FIG está não apenas no entretenimento que promove – shows, concertos, espetáculos, exposições, cursos, seminários e encontros diversos -, mas também no fato de ser uma vitrine do que de mais atual está sendo produzido pelos artistas nacionais, das mais variadas linguagens da arte. Na música, este ano o FIG traz nomes como Alcione, Elba Ramalho, Lenine, João Bosco, Roberta Miranda, Fafá de Belém, Eddie, Tony Garrido, Zélia Duncan, Céu, Otto, Jards Macalé, Ave Sangria, entre outros, espalhados seis polos musicais: Palco Mestre Dominguinho, Palco Pop, Palco Forró, Palco Instrumental, Palco da Cultura Popular, além do Som na Rural e dos projetos Virtuosi na Serra e do Conservatório Pernambucano de Música na Catedral de São Pedro.

Outra linguagem que tem um público cativo durante os 10 dias do festival é artes cênicas. A programação para quem acompanha teatro, dança e circo movimenta a cidade. Logo na abertura, na quinta-feira (18), teremos o espetáculo O Som e A Sílaba, do consagrado diretor Miguel Falabella. A encenação ocorre no Teatro Luís Souto Dourado, local que recebe duas peças por dia a partir da sexta (19).

No polo de circo, uma novidade que deve agradar é a duplicação das sessões durante os fins de semana. Ampliando a única sessão, que antes atraia diariamente duas mil pessoas, a organização pretende atender a demanda de quem não consegue espaço na lona.

“Temos algumas boas novidades no FIG deste ano, como a volta das sessões no cine Eldorado, bem como mais sessões de circo, e a programação especial para infância e famílias que estamos chamando de Figuinho. Estamos promovendo os ajustes e correções necessárias para que o povo possa usufruir de um festival da melhor qualidade, com produção de Pernambuco e fora do estado e padrão nacional de referência, para que a gente leve para Garanhuns o que tem de melhor na cultura, nesses dez dias de evento. Um festival de inverno à altura da cultura pernambucana e da cidade de Garanhuns. E o FIG também trata disso, de formação de plateias. Será minha primeira vez no FIG como organizador e estou muito entusiasmado com o que está proposto”, comenta o secretário de Cultura, Gilberto Freyre Neto.

“O FIG é fruto de um criterioso processo de curadoria, que começa numa convocatória pública e finaliza numa grade de programação que atinge públicos diversos, desde os que querem os artistas mais aclamados, aos que desejam acompanhar a produção mais alternativa da música, das artes cênicas, da dança, do cinema, ou das famílias com crianças, que têm no FIG não apenas uma opção para as férias para os filhos, mas a chance de colocá-los, desde cedo, em contato com a produção cultural e artísticas do país. Por isso, é um motivo de muita alegria para nós do Governo de Pernambuco, a cada ano, realizar o festival de Inverno de Garanhuns”, ressalta Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe.

DESTAQUE DO FIG 2019

MESTRE DOMINGUINHOS – Principal palco do FIG, vai receber as apresentações de Elba Ramalho (sexta, 19), Zélia Duncan (sábado, 21), Karina Buhr, Letrux, Céu (domingo, 22). Segunda, noite do brega com Kitara e Priscila Sena entre as principais atrações. A terça (23) tem show de Roberta Miranda. Otto e Lenine estão na quarta (24).

PALCO POP – O Pop é o lugar para se ficar antenado nas novidades da música contemporânea, sem esquecer de quem tem um trabalho consolidado. Exemplo do icônico Jards Macalé, que vem com banda nova lançando Trevas, após quase vinte anos canções inéditas. Cacá Machado é um violonista paulista (e pesquisador musical) que vem se destacando com seu repertório de sambas, choros e valsas, presentes no disco novo, Sibilina, que vem sendo festejado por onde é tocado. Do Recife (mas morando hoje em SP), Diomedes Chinaski mostra porque seu rap conquistou rapidamente o gosto de milhares de jovens pelo País. E assim segue o palco Pop, com Igor de Carvalho, Banda Eddie, Ave Sangria, Francisco El Hombre e tantos outros artistas. Se você gosta de conhecer as novidades da música, é pra lá que tem que ir.

FORRÓ – A cultura nordestina diz que festa boa só acaba com um bom rala bucho. O palco do forró celebra todos os anos, no FIG, essa nossa tradição. Tem ainda a missão de consagrar o gênero como uma música para todas as épocas do ano. Gennaro, Dudu do Acordeon, Josildo Sá, Bia Marinho, Quinteto Violado, entre outros, levam seus shows para lá, este ano.

INSTRUMENTAL – Considerado o polo mais charmoso do FIG, o palco localizado no Parque Ruber van der Linden recebe uma programação para quem curte música instrumental. Entre os dias 23 e 27 de julho, o público vai poder conferir apresentações dos músicos Henrique Annes (PE) e João Camarero (SP), uma apresentação especial com o Maestro Duda, além da banda Kalouv .

CATEDRAL – A Catedral de Santo Antônio segue como polo para apreciação de instrumentistas e cantores que chegam a Garanhuns com as programações do Conservatório Pernambucano de Música (CPM) e o Festival Virtuosi, parceiros do FIG. Das atrações sob a curadoria do CPM, destacam-se Ayrton Montarroyos, João Bosco e um tributo ao cantor e compositor Luiz Vieira.

FORMAÇÃO – Voltadas para diversos públicos, as oficinas formativas do festival iniciam na segunda (22), indo até a sexta (26). Serão 13 cursos nas áreas de profissionalização (iluminação, sonorização, direção de palco e roadie, direção artística e cinema de animação), aperfeiçoamento (produção cultural e documentação) e sustentabilidade (aproveitamento de alimentos e dobraduras para ecogastonomia). As capacitações ocorrem na Casa dos Saberes, na unidade da Funase e na comunidade quilombola de Castainho.

SOM NA RURAL - Caminhando pelo Parque Euclides Dourado, você pode se deparar com um veículo do século passado, mas completamente adaptado aos novos tempo. O estilo colorido e mambembe do Som na Rural mistura gêneros que tem atraído cada vez mais público A programação por lá já abre na sexta-feira (19), a partir das 18h, e segue até o sábado (27). Entre as atrações confirmadas estão a banda punk Devotos e a cantora Sofia Freire.

CINEMA – A programação do Cine Eldorado volta este ano com sessões a partir da sexta-feira (19) e destaque para exibições diurnas voltada para infância e família. À noite, produções pernambucanas e nacionais para quem está em Garanhuns mas quer “fugir” da programação dos palcos.

PLATAFORMA FIG – Pelo terceiro ano, o Festival promove a ação especial Plataforma FIG, um encontro entre artistas do Estado com programadores de importantes festivais de música do Brasil, além de jornalistas especializados e outros agentes da cadeia produtiva da música.

PRAÇA DA PALAVRA - Este ano, a Praça da Palavra recebe o nome de Jomard Muniz de Brito, homenageado do espaço. Por lá, recitais, contações de histórias, debates, lançamentos de livros. Estandes de venda de livros e lounge de leitura para visitantes. No sábado, Jomard participa de uma mesa com Maria Alice Amorim (PE) e Sthephany Metódio (PE). Ainda neste dia o público confere o lançamento do Livro Planet Hemp, Mantenha o respeito, com Pedro de Luna (SP). No domingo, é a vez da poeta pernambucana do Slam das Minas, Bell Puã, lançar o livro Lutar é crime. E durante toda semana, muitos lançamentos importantes, debates e conversas imperdíveis.

ARTES CÊNICAS – Abrindo a programação do FIG 2019 no Teatro Luis Souto Dourado teremos o espetáculo O Som e A Sílaba, de Miguel Falabella. A peça foi escrita especialmente para artistas Alessandra Maestrini e Mirna Rubim, que além de atrizes são cantoras com vivência no mundo lírico. No polo de circo, uma novidade que deve agradar é a duplicação das sessões durante os fins de semana. Ampliando a única sessão, que antes atraia diariamente duas mil pessoas, a organização pretende atender a demanda de quem não consegue espaço na lona.

PATRIMÔNIO – Três ações voltadas para a preservação do patrimônio cultural compõem a programação do Festival de Inverno de Garanhuns 2019: Um encontro sobre a Salvaguarda dos Reisados de Pernambuco; A oficina Educação Patrimonial, voltada para elaboração de Inventários Participativos; e uma exposição sobre a Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco (2008-2019). A mostra apresentará um pouco deste evento criado em 2008 e que reúne mostras, oficinas, jogos, visitas, celebrações e ocupações de espaços públicos sobre a preservação do patrimônio. A exposição ficará à mostra na Praça Souto Filho (ao lado da Praça da Palavra), de 19 a 27 de julho. A visitação é de segunda à quinta-feira, das 14h às 20h; e sexta a domingo, das 10h às 20h.

GASTRONOMIA – A gastronomia do agreste pernambucano é destaque na programação do FIG e traz nesta 29ª edição, através da culinária, uma discussão sobre a sustentabilidade neste setor. São dezenas de atividades espalhadas por Garanhuns e no Quilombo Castainho, entre lançamento de livros, mesas e debates, e palestras sobre assuntos como reaproveitamento integral dos alimentos e soluções sustentáveis para merenda escolar.

FIGUINHO – A 29ª edição do FIG apresenta uma novidade voltada para o público infanto-juvenil em 2019: O Figuinho, que vai contar com uma série de atividades voltadas para a garotada. Em toda a programação do Festival haverá um selo do Figuinho indicando quais atrações são direcionadas para a criançada. Além do circo, do Outras Palavrinhas e das apresentações de teatro-infantil, haverá pela tarde uma programação inédita no Palco Pombo/Instrumental nos dois sábados (20 e 27 de julho) do Festival, com atrações musicais, apresentações de teatro e brincadeiras infantis.

ARTESANATO – A parceria com o Sebrae está garantindo mais uma edição do Armazém das Artes e Negócios. Este ano, serão 75 estandes ocupados pelos artesãos selecionados pelo Sebrae ou por meio de um edital convocatório promovido pela Secult/Fundarpe para ocupação de espaços ou convidados. Vários representantes de mamulengos, como a associação de Glória do Goitá, o Patrimônio Vivo Zé Lopes, pontos de cultura, além de diversos artesãos independente. O pavilhão funciona entre os dias 18 a 27 de julho, com horários estendidos nos fim de semana.

A Ç Õ E S D O G O V E R N O N O F I G

SEGURANÇA - O Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) chega, em 2019, à sua 29ª edição e, com o intuito de garantir que os moradores e turistas curtam o evento de forma tranquila e segura, a Secretaria de Defesa Social (SDS) conta com um plano estratégico especial para a região, que será colocado em prática entre os dias 18 e 27 de julho.

Neste período, a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), responsável pelo policiamento ostensivo e preventivo, ativará 2.403 postos de trabalho, o que garantirá reforço na segurança de todos os polos de festa, como a Praça Mestre Dominguinhos e o Parque Euclides Dourado. Neste primeiro, será montada uma Plataforma de Observação Elevada (POE), que será responsável pelo videomonitoramento nos locais de shows e apresentações.

Também fortalecendo o trabalho preventivo, o Corpo de Bombeiros montará plataformas elevadas na Praça Mestre Dominguinhos, assim como terá viaturas de prontidão no local. Ao todo, 180 postos de trabalho serão ativados pela unidade para garantir à segurança de quem for conferir a festa nos palcos de evento. Além disso, o 6º Grupamento do Corpo de Bombeiros, localizado em Garanhuns, estará de prontidão para dar apoio aos profissionais em campo. Antes da festa, o Centro de Atividades Técnicas (CAT) estará empenhando profissionais nas atividades prévias para autorização das estruturas que participarão das festividades.

Para o atendimento a população, a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) terá um reforço de 240 postos de trabalho durante e o período e montará uma Delegacia Móvel na Praça Mestre Dominguinhos. No local, poderão ser realizados boletins de ocorrências. Já os casos que precisem de confecção de TCO´s e lavratura de prisão em flagrante serão encaminhados para a estrutura física montada no Posto de Comando Interligado ou para a Delegacia de Plantão da 134ª Circunscrição Policial.

Por fim, o trabalho da Polícia Científica será realizado normalmente na Unidade Regional de Polícia Científica de Garanhuns, inaugurada no ano passado. O serviço, que funciona 24 horas, já realiza perícias criminais em local de crime, drogas, balística e identificação veicular, assim como perícias médico-legais em vivos: traumatologia e sexologia forense, além de identificação criminal e elaboração de retrato falado.

CONSERVATÓRIO - Entre os dias 18 e 27 de julho, será realizada a 29ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). A festa, que conta com dezenas de polos espalhados pela cidade, mantém a tradição e contará com várias apresentações do Conservatório Pernambucano de Música (CPM) para embelezar ainda mais o evento. Toda a programação do CPM será realizada na Catedral de Santo Antônio, sempre às 16h e 21h.

Na quinta-feira (18), a partir das 21h, o Conservatório estreia nesta edição do FIG com um tributo a Luiz Vieira, trazendo atrações como Altemar Dutra Jr., Claudette Soares, Eliana Pittman e Márcio Gomes. Na sexta (19), às 16h, a Orquestra de Câmara de Pernambuco se apresenta ao lado da solista Carmen Monarcha, sob a regência do maestro José Renato Accioly. Mais tarde, o cantor Ayrton Montarroyos leva aos presentes o show ‘Mergulho no nada”.

A programação segue durante todo o final de semana, tendo no sábado (20) os shows de Sagrama e Antônio Nóbrega, às 16h, e encerrando a noite de espetáculos do CPM com Alexandre Caldi e Quarteto Encore, com o show “Buarqueanas”. No domingo (21), a Orquestra de Câmara volta a se apresentar, desta vez com o coro de Câmara do CPM e Liberi Cia Artística. A apresentação também será comandada por José Renato Accioly. Leila Pinheiro fecha o dia com um show às 21h.

A primeira semana é encerrada, na segunda-feira (22), com Sheyla Costa, trazendo o espetáculo intitulado ‘Na pele de Elis’, onde apresenta os principais sucessos da cantora Elis Regina. Ela será acompanhada pela Orquestra Matéria Prima. À noite, Leonardo Neiva (canto) e Leo Mancini (violão e guitarra) presenteiam o público com um show acústico.

Nos últimos dias do Festival de Inverno de Garanhuns, o Conservatório Pernambucano de Música Leva Duo Siqueira Lima para apresentação na sexta-feira (26), enquanto Boca Livre e João Bosco fecham a participação do CPM no sábado (27).

SAÚDE – No período da 29ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), o foco das ações da Secretaria Estadual de Saúde será a prevenção e a vigilância em Saúde. Com o intuito de inibir a combinação do álcool e direção, haverá a presença permanente da Operação Lei Seca de 17 até o dia 28 de julho.

O Programa Estadual de IST/Aids levará testagens rápidas de HIV, sífilis e hepatites para Garanhuns, entre 18 e 27/07. A ação será realizada no ônibus do projeto Prevenção para Tod@s e terá capacidade para acolher até 100 pessoas por dia. Além disso, a 5ª Gerência Regional de Saúde (Geres) vai montar na Praça Mestre Dominguinhos, o Chalé da Saúde com ações educativas em parceria com os municípios da área de abrangência da Regional. De segunda a quinta, a testagem será das 15h às 20h, no Parque do Eucalipto. De sexta a domingo, das 20h às 24h (local a definir). Ao todo, cerca de 12 profissionais atuarão na estratégia, que tem custo estimado de R$ 50 mil.

Em outra ação educativa da Secretaria Estadual de Saúde, haverá uma intervenção para chamar a atenção de condutores e motociclistas sobre os acidentes de trânsito.

A 29ª Edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) contará com reforço da Operação Lei Seca (OLS). Durante todos os dias do festival, blitze simultâneas serão montadas próximas aos locais onde ocorrem os principais shows. Os horários de ação serão adequados ao fluxo do movimento do Festival, dando prioridade às ações de fiscalização e educação, para diminuir os índices de acidentes de trânsito.

A OLS ainda vai distribuir materiais educativos (panfletos, bafômetros descartáveis e adesivos) referentes à prevenção aos acidentes com transportes terrestres. Durante o Festival, duas equipes, com 22 profissionais, atuarão permanentemente em Garanhuns.

A Secretaria vai instalar o Chalé da saúde, na Praça Mestre Dominguinhos, onde os profissionais do Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto (CRPAM) da 5ª Gerência Regional de Saúde e dos municípios que compõem a Regional irão atuar em ações educativas de prevenção aos acidentes com transportes terrestres. Cerca de 30 pessoas vão atuar por noite na iniciativa.

Durante o mês de julho, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) promove um mutirão para a realização de cirurgias de catarata, garantindo o tratamento gratuito no Sistema Único de Saúde (SUS), com a oferta de 2.750 procedimentos aos pacientes pernambucanos. Em Garanhuns, os procedimentos serão realizados na Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) do município. A expectativa é que a unidade, realize 700 cirurgias extras durante o mutirão.

DESENVOLVIMENTO SOCIAL – Com o objetivo de garantir os direitos da criança e adolescentes, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, ganha as ruas de Garanhuns com a campanha Criança é pra ser cuidada e protegida. Entre os dias 18 a 27 de julho, a cidade contará com ações do programa Atenção Redobrada, que é focado no enfrentamento ao abuso e exploração sexual, consumo indevido de bebidas alcoólicas, trabalho infantil, situação de rua, entre outras violações com o público infantil. Para isso, a SDSCJ realizou uma parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, além de conselhos tutelares.

A expectativa da SDSCJ é realizar ações em 100 estabelecimentos comerciais de Garanhuns e distritos, abrangendo bares, hotéis, postos de gasolina, restaurantes e supermercados. Esse trabalho tem o objetivo de promover a conscientização dos comerciantes em relação à proibição de venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos, ao trabalho infantil e à violência sexual contra crianças e adolescentes.

Em articulação com o município, a SDSCJ também garantiu a realização de uma blitz social que será realizada junto à Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Operação Lei Seca e Secretaria de Saúde de Pernambuco.

Antes do início das festividades, será realizada uma oficina com os técnicos municipais a temática Prevenir para Proteger: Fortalecendo o Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes.

Durante o mês de julho, a Caravana do 13º do Bolsa Família, coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, estará nos municípios do Agreste Meridional. Pelo menos nove cidades receberão informações do programa nos dias 22,24,25 e 26 de julho, esclarecendo detalhes sobre a iniciativa. A Caravana vai passar por Brejão, Bom Conselho, Capoeiras, Caetés, Angelim, São João, Lagoa do Ouro, Correntes e Saloá.

A Secretaria Executiva de Segmentos Sociais vai promover uma série de ações com o objetivo de fortalecer os segmentos da sociedade. Entre elas, um debate sobre a criminalização da homofobia pelo STF, uma ação educativa de conscientização sobre o envelhecimento da população e as violações contra pessoa idosa, além de rodas de diálogo com comunidades quilombolas de Garanhuns.

PREVENÇÃO ÀS DROGAS – O Festival de Inverno de Garanhuns 2019 contará com servidores, técnicos e arte-educadores oferecendo informações, cidadania e muita atitude frente ao álcool e outras drogas. A Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas preparou várias ações dos seus principais programas para os dias de música, cultura e frio. O Programa Atitude estará nas ruas, o Juventude Presente promoverá um Papo Reto com os mais jovens e o Programa Governo Presente articulará uma Ação de Cidadania, na cidade.

O Programa Atitude terá equipes nas ruas em dias estratégicos nas duas semanas do FIG. Os técnicos do Atitude nas Ruas fazem contato com os jovens para oferecer informações de saúde, distribuição de preservativos masculinos e femininos, gel lubrificante e panfletos que apresentam o Programa Atitude: uma iniciativa de acolhimento, redução de riscos e de danos entre os usuários de drogas lícitas e ilícitas. O Atitude nas Ruas estará nos palcos Mestre Dominguinhos, Pop, Instrumental e no palco do Forró.

A secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas também promoverá ações da campanha de controle de venda de bebidas alcoólicas para crianças e adolescentes. Essas ações procuram dar publicidade à proibição legal de vender, dar ou oferecer álcool para consumo a adolescentes e a crianças. As ações vão ocorrer em bares, restaurantes, quiosques e outros pontos de venda de bebidas alcoólicas. Outras ações programadas são as blitze educativas de prevenção à violência e às drogas.

O Juventude Presente programa uma rodada de diálogos sobre prevenção à violência, tipo Papo Reto. O formato Papo Reto é um modelo de troca de informações, no qual os adolescentes, jovens e militantes das causas juvenis são convidados a dialogar sobre um assunto. O modelo tem mão dupla no fluxo das informações. Ele serve para o Governo de Pernambuco difundir suas políticas de prevenção à violência e às drogas para a juventude e também é o momento de ouvir os posicionamentos dos cidadãos com menos de 30 anos de idade.

O Governo Presente vai realizar, no sábado (dia 20), uma Ação de Cidadania: um mutirão de serviços do Estado, em parceria com a Prefeitura de Garanhuns e de empresas privadas interessadas em difundir seus serviços. Ação de Cidadania costuma reunir, a partir das 8h, pouco mais de 100 serviços, como emissão de 2ª via do RG, CPF, certidão de nascimento, casamento e óbito. Informações sobre mediação de conflitos, esclarecimento de direito do consumidor, registro no Benefício de Prestação Continuada (BCP) e inscrição no Programa Bolsa Família, para citar os serviços mais procurados. Há vários serviços e difusões de informações relacionadas à saúde, como exames de mamografia, colo de útero, aferição de pressão sanguínea, teste de glicemia no sangue, HIV e sífilis. Empresas como a Compesa e a Celpe têm na Ação de Cidadania um posto de negociação de dívidas.

TURISMO - A Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco, por meio da Empetur, promove diversas ações para o trade turístico e público final durante o 29º Festival de Inverno de Garanhuns. O evento acontece dos dias 18 a 27 de julho, em Garanhuns, no Agreste pernambucano.

A Diretoria de Estruturação do Turismo (DET) da Empetur realizará duas ações. Entre elas, será feito um trabalho de sensibilização do trade turístico local sobre a importância do Cadastur. O cadastro nacional reúne todas as empresas devidamente licenciadas pelo Ministério do Turismo para prestarem serviços e a atividade turística.

Ainda sob a responsabilidade da DET, o CAT Móvel, unidade itinerante do Centro de Atendimento ao Turista viajará a Garanhuns, oferecendo atendente bilíngue para orientar o público sobre as principais rotas do Estado. O CAT atuará durante todo o FIG, disponibilizando material promocional dos destinos, incluindo folhetos da Rota 232, Rota 104, Rota da Confecção, Rota Rural e a folheteria Roteiros Turísticos. Serão distribuídos ainda mapas do Recife e do Litoral Sul e Norte de Pernambuco, em português, inglês e espanhol.

Na área da promoção turística, serão promovidas ações em diversas áreas da cidade, incentivando a interação do público. O objetivo é estimular a interação do público com a nova campanha de divulgação do turismo, Bora Pernambucar. Haverá sinalização especial ao longo da BR 232 e 423, além da presença de walkmídias (promotores com imagens dos destinos acopladas às costas), distribuindo adesivos e folheteria. Também será feita publicidade com mídia em TV, rádio e internet, sobre destacando o FIG – Maior festival de cultural do Brasil, com o mote da nova campanha.

MULHER – O Festival de Inverno de Garanhuns – FIG 2019 – entra para o cenário nacional como o maior festival de cultura do Brasil. A Secretaria da Mulher de Pernambuco – SecMulher-PE - vai estar na região e em Garanhuns com ações nas áreas de segurança pública, inclusão da mulher no mercado de trabalho, atendimento na Ouvidoria da Mulher e visitação nos Organismos Municipais de Políticas Públicas para as Mulheres.

Nos dias 23, 24 e 25 de julho, a campanha Violência contra a Mulher não dá Frutos estará nos municípios de Garanhuns, Brejão e Bom Conselho levando atendimento jurídico, psicossocial e rodas de diálogo para as mulheres das comunidades rurais. A unidade móvel, mais conhecida como ônibus lilás, realiza a roda de conversa, na manhã do dia 23, na Comunidade de Castainho e à tarde estará no Distrito de Miracica. Já no dia 24, a visita será feita à Comunidade de Santa Rita (manhã) e Sítio da Baixa Verde (tarde). O último município que receberá as profissionais será a Comunidade Sítio Jerimum (tarde).

Na ação de inclusão das mulheres no empreendedorismo, a SecMulher em parceria com a AD-Diper/Centro do Artesanto de Pernambuco, estará com grupos de mulheres artesãs das regiões próximas e de Garanhuns comercializando as peças produzidas que refletem a cultura da cada município.

No FIG 2019, as mulheres terão atendimento especializado através da Ouvidoria da Mulher que atende pelo 0800-281.8187. A ouvidora Sileide Oliveira participa da unidade de atendimento, de 18 a 21 de julho, recebendo as mulheres e realizando as consultas. A Ouvidoria da Mulher é um canal de comunicação entre a população e a SecMulher. Através dele as pessoas podem fazer solicitações, denúncias, reclamações e sugestões.

A secretária da Mulher do Estado, Silvia Cordeiro e equipe vão visitar 16 prefeituras da região e os Organismos Municipais de Políticas Públicas para as Mulheres. A visita tem o objetivo de fortalecer as políticas públicas cada localidade através de reuniões de alinhamento.

INFRAESTRUTURA – A PE-177, uma das principais rodovias do Agreste Meridional do Estado, está recebendo, desde o início de junho, ações de requalificação através do Programa Caminhos de Pernambuco, como capinação, recuperação asfáltica e limpeza dos dispositivos de drenagem. Estão sendo contemplados os trechos do Km 0,0 ao Km 6,0, e do Km 12,5 ao Km 18,5, sentido Quipapá/Garanhuns. O trabalho de requalificação asfáltica está com 35% de execução.

A iniciativa está sendo executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), sob a coordenação da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, com prazo de conclusão previsto para primeira quinzena do próximo mês de julho. As ações vão melhorar a trafegabilidade na rodovia, proporcionar mais segurança e conforto aos usuários, além de facilitar o escoamento da produção agrícola e da bacia leiteira.

Na questão do abastecimento de água durante o FIG, a Compesa garante a distribuição diária para quase todos os bairros de Garanhuns.

DESENVOLVIMENTO URBANO – O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – Detran-PE, por meio da Diretoria de Engenharia e Fiscalização de Trânsito, vai levar para o Festival de Inverno de Garanhuns, a Operação Prevenção, sob o título “Segundo que salvam vidas”. Como prevenção, será disponibilizado pelos agentes de trânsito o etilômetro para as pessoas que estão participando das festividades façam o teste de alcoolemia “Antes de Pegar o veículo”, para pegar a estrada, e, caso seja constatado o uso do álcool, os agentes solicitaram aos motoristas que passem a chave do carro para quem não bebeu.

Além disso, os agentes de trânsito estarão dando dicas de segurança no trânsito, alertando sobre o perigo da mistura fatal de álcool e direção; condução de veículo falando ou manuseando o celular; uso correto de cadeirinha, acento de elevação e bebê conforto; uso do cinto de segurança por todos os ocupantes do veículo; uso correto dos equipamentos de segurança na condução de motos; e as condições dos pneus e do sistema elétrico dos veículos e a maneira correta de acondicionamento das bagagens.

Paralelo a isso, técnicos da Diretoria de Operações estarão com o Detran Itinerante, acompanhado da Coordenadoria de Educação para Trânsito, que consiste em um equipamento com todos os serviços disponibilizados em uma loja do shopping. O ônibus é climatizado e conta com três guichês de atendimento, gerador próprio e computadores com acesso a internet para fazer o atendimento interligado com a base de dados do Detran-PE, onde estão sendo oferecidos serviços de emissão da Nada Consta; Renovação e 2ª via da CNH; Captura de Imagem; emissão de taxas, multas e agendamento de serviço.

MEIO AMBIENTE – A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) estão levando para a programação do FIG 2019 vídeos sobre as Unidades de Conservação de Pernambuco, exposição fotográfica de animais silvestres, contação de histórias e cordel e dicas de consumo consciente.

Uma das ações que vai levar conscientização ambiental para quem vai curtir o festival são vídeos que serão exibidos nos palcos mostrando a importância de reduzir a utilização de plástico, como ele polui o meio ambiente e como podemos ajudar nessa redução. Os vídeos serão exibidos em vários horários, durante todo o período do festival, que vai de 18 a 27 de julho. A exposição fotográfica “Animais Silvestres: Eles precisam de nós”, revela como o tráfico de animais, a caça, a criação indevida dessas espécies é prejudicial para a biodiversidade brasileira. A mostra será realizada na Galeria Galpão, de 18 a 27 de julho.

Outra atração que vai mostrar ao público a beleza das áreas protegidas do estado é o cine ambiental. Serão seis curtas-metragens sobre as Unidades de Conservação Pernambucanas. A exibição no Cine Eldorado será de 19 a 26 de julho, todos os dias às 10h30, e nos dias 19 e 23 de julho, também haverá exibição às 21 horas.

O público infantil também será contemplado com a contação de história “Herói de sete cores”, que pretende encantar o público com as aventuras de uma das espécies de aves do Nordeste Brasileiro: o pintor-verdadeiro. Ainda tem declamação de cordel “Lixo: e eu com isso?”, que mostra de forma lúdica como todos podem contribuir com a redução de resíduos e ajudar o meio ambiente. As apresentações serão na Praça da Palavra, sempre às 15 horas.(com informações do cultura.pe.gov.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANP diz que está atenta a cobranças abusivas de combustíveis



A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou, por meio de nota, que está “atenta” para possíveis cobranças abusivas por combustíveis no Brasil. A cotação internacional do petróleo sofreu uma alta depois de ataques a uma refinaria na Arábia Saudita, na semana passada.

Segundo a nota da ANP, os preços no Brasil são “livres, por lei, em todas as etapas da cadeia: produção, distribuição e revenda. Diante de denúncias de preços abusivos, a ANP faz ações de campo para confirmar essas suspeitas. Quando constata a prática de preços abusivos, a agência atua em conjunto com os Procons para penalizar os infratores”.

Na última segunda-feira (16), a Petrobras divulgou nota informando que também está monitorando a cotação internacional do petróleo, mas que, até aquele momento, não havia previsão de reajustar o preço dos combustíveis.
Distrito Federal 

No Distrito Federal, o Procon está notificando hoje os postos que estão comercializando o litro da gasolina acima de R$ 4,22. O parâmetro para a notificação segue o preço médio praticado para o produto na capital, de acordo com a ANP, entre os dias 08/09 e 14/09/2019. Os postos notificados têm 10 dias para prestar esclarecimentos sobre a justificativa do aumento repentino nos valores da gasolina e do diesel desde o dia de ontem (17), sob risco de sanção por aumentos abusivos.

De acordo com o Procon, uma equipe de atendimento do órgão está de plantão pelo e-mail 151@procon.df.gov.br para receber denúncias de consumidores. O órgão pede que a denúncia seja encaminhada com foto da tabela de preços dos produtos e endereço do estabelecimento. Todas as denúncias serão averiguadas e o consumidor terá sua solicitação atendida no prazo máximo de 24 horas, após formalização da denúncia.

Fonte Agencia Brasil

Semana Nacional de Trânsito de 2019 se inicia com o tema “No Trânsito, o Sentido é a Vida”

Foto: Reprodução PRF

A Operação terá início às 00h desta próxima quarta-feira (18) e seguirá até 23h59 do dia 25 de setembro de 2019. Diversas atividades e ações educativas estão programadas para acontecer em todo o país. O principal objetivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF) será conscientizar condutores, ciclistas, pedestres e passageiros a tornar o trânsito mais seguro.

Os principais temas serão abordados ao longo dos sete dias. Um deles é a questão da embriaguez. Por isso a PRF vai intensificar a fiscalização do estado de embriaguez dos condutores de veículos e prevenir o uso de álcool associado à direção nos âmbito dos trechos mais críticos das rodovias federais, com a realização de comandos, convidando os condutores abordados a realizarem o teste de etilômetro, com objetivo de alcançar o maior número de condutores.


Duas rodas – Outro alvo da PRF são os usuários dos veículos de duas rodas. Assim, serão feitas ações para fiscalização com foco nas infrações que potencializam a ocorrência de acidentes e sua gravidade, tais como: uso e regularidade do capacete, equipamentos obrigatórios, sistema de iluminação e habilitação.


As ultrapassagens forçadas ou proibidas geram altos riscos de acidentes; em geral muito graves. E é pensando na redução de ocorrências desse tipo que a PRF irá intensificar a fiscalização para coibir estes tipos de ultrapassagens, dando ênfase aos pontos críticos, nas rodovias federais em todo o Brasil.

Fiscalização do uso do cinto de segurança também será outro enfoque importante. Este equipamento deve ser usado por todos os ocupantes do veículo, estando ele na frente ou atrás.


Para este ano, por meio de uma Resolução CONTRAN, o tema estabelecido foi “No Trânsito, o Sentido é a Vida”, com isso, a PRF promoverá ações de fiscalização e de educação para o trânsito, que visarão aumentar a consciência dos usuários da via, bem como promover a importância de um trânsito civilizado na sociedade e fomentar o aumento da percepção de segurança.

Campanha Setembro Laranja alerta para a obesidade infantil

Fonto:   Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP) promove, neste mês, a campanha Setembro Laranja, de combate à obesidade infantil. O intuito é conscientizar a comunidade médica e a população em geral sobre a importância de práticas alimentares saudáveis em casa e nas escolas, bem como estimular a prática de atividades físicas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que 41 milhões de crianças menores de cinco anos estejam acima do peso. Para a Sociedade de Pediatria esse dado é alarmante e a entidade está empenhada para que seja drasticamente reduzido. A conscientização é imprescindível para prevenir a obesidade infantil e outros problemas decorrentes de uma alimentação inadequada, defende a sociedade.

De acordo com o pediatra e nutrólogo Mauro Fisberg, membro do Departamento de Nutrição da SPSP, as principais implicações do excesso de peso podem ser divididas em problemas de curto, médio e longo prazo. “A curto prazo é a falta de diagnóstico, principalmente falta de conscientização, porque parte das famílias e parte dos profissionais da saúde muitas vezes não avaliam ou interpretam as curvas de crescimento adequadamente e assim deixam de fazer o diagnóstico precoce do excesso e controle de peso”.

A segunda situação, de acordo com o pediatra, são as características emocionais como o bullying, “que começa dentro da própria casa; as características que levam alterações da dinâmica familiar ou de comportamento”. Segundo Fisberg, a carência nutricional é outro fator importante. “Apesar do excesso de peso, quase sempre as crianças nessa condição são seletivas, comem pouco de alguns alimentos e muito de outros. Elas podem ter alterações de pele, de postura, podem ter aumento do colesterol, dos triglicérides, e pode ter aumento da resistência insulínica [levando ao diabetes]. Isso pode causar no futuro um obesidade mais grave, hipertensão, doenças cardiovasculares, alterações lipídicas e todas os aspectos comportamentais e emocionais ligados ao excesso de peso”, alerta.

O pediatra orienta também sobre a prevenção, que deve envolver toda a família. “É importante prevenir através de uma mudança global em todo o sistema de comportamento da família e da sociedade, modificando a alimentação, reduzindo a ingestão de alimentação inadequada e aumentando a atividade física, mas principalmente tendo um comportamento mais consciente em relação a esses aspectos: alimentação, atividade física e de uma forma geral a forma como encaramos o comportamento da alimentação dentro das famílias”.

Fisberg alerta que a obesidade é mais fácil de ser prevenida do que tratada nas crianças. “Hoje aproximadamente uma para cada quatro crianças apresenta excesso de peso, e provavelmente dessas, em torno de 8% a 10% tem obesidade e quase todas tem obesidade grave. Por isso ela deve ser prevenida, porque não é muito simples perder peso exatamente numa fase de crescimento e desenvolvimento, onde faz parte da vida que se ganhe peso, ganhe massa muscular e massa gordurosa, então é preciso equilibrar crescimento e desenvolvimento com restrição de energia e que não modifique o crescimento, por isso é muito mais importante prevenir do que tratar”, adverte.
Orientação

Como parte da programação, está prevista a realização do evento Prevenção da Obesidade Infantil - Setembro Laranja, com transmissão ao vivo pela página da SPSP no Facebook. Segundo a coordenadora da campanha, pediatra Maria Arlete Escrivão, o objetivo é abrir um novo canal de diálogo com a comunidade, levando informações e respondendo as dúvidas sobre a prevenção da obesidade.

“Queremos alertar sobre o aumento da prevalência da obesidade infantil, orientar como preveni-la e explicar suas consequências. Além disso, ressaltar a importância do acompanhamento do peso e da estatura de crianças e adolescentes pelo pediatra, com o objetivo de detectar precocemente o aumento excessivo de peso”, disse a especialista.

A transmissão acontecerá no dia 27 de setembro, das 14h às 15h30.

Fonte Agencia Brasil

Furacão Dorian deixa ao menos 50 mortos nas Bahamas



O furacão Dorian destruiu casas e danificou a infraestrutura nas Ilhas Ábaco, uma das áreas mais afetadas nas Bahamas. As autoridades ainda não têm total dimensão dos estragos.

O furacão atingiu a região por dois dias na semana passada. Segundo a polícia local, ao menos 50 mortes foram confirmadas.

Uma equipe da NHK chegou à ilha Grande Ábaco na terça-feira (10). O local, em particular, sofreu grandes danos. Casas foram completamente destruídas e os escombros se espalham por uma grande área.

Em um porto da ilha, mais de 250 moradores estavam subindo em um barco para buscar abrigo na capital, Nassau

Fonte: Agencia Brasil

Começa nesta semana pagamento de R$ 500 por conta do FGTS



A Caixa Econômica Federal inicia nesta semana o pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os repasses serão feitos até 31 de março de 2020, conforme a data de nascimento dos beneficiários.

O valor será depositado automaticamente, na próxima sexta-feira (13), para pessoas nascidas em janeiro, fevereiro, março e abril, que têm conta poupança na Caixa.

Aqueles com data de aniversário em maio, junho, julho e agosto, recebem a partir do dia 27 de setembro de 2019. Para trabalhadores nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro, o pagamento será feito a partir do dia 9 de outubro de 2019.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo 

no celular.
De acordo com a Caixa, o crédito automático só será realizado para quem abriu conta poupança até o dia 24 de julho de 2019.

O pagamento aos não correntistas da Caixa seguirá o seguinte cronograma:




Para saber os valores disponíveis para o saque, os canais de recebimento e as opções de crédito em conta, é só acessar o site da Caixa e informar número do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas), do NIS (Número de Identificação Social), do PIS (Programa de Integração Social) ou do Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e a data de aniversário. Os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, com apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF. Será feita a leitura da digital no momento do saque. Para quem possui cartão Cidadão e senha, o saque poderá ser feito nos terminais de autoatendimento, em unidades lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui. Quem não tem o cartão Cidadão, deve procurar uma agência da Caixa.

Saque aniversário

Outra modalidade de saque, válida para o próximo ano, será o saque aniversário. Os trabalhadores interessados em migrar para essa sistemática poderão comunicar à Caixa, a partir de 1º de outubro de 2019. Ao confirmar esta opção em um dos canaisdivulgados pelo banco, o trabalhador deixará de efetuar o saque em caso de rescisão de contrato de trabalho.

Quem realizar a mudança, só poderá retornar à modalidade anterior após dois anos da data da solicitação à Caixa.

Caso o trabalhador não comunique o interesse no tipo de saque, a regra da rescisão será mantida.

A decisão de migrar para a modalidade do saque aniversário, não anula a multa de 40% em caso de demissão sem justa causa.

Fonte Agencia Brasil

ALERTA CELULAR: SAIBA COMO USAR


Foto: reprodução

Sabe por que é importante cadastrar seu telefone no Alerta Celular? É que, quando se registra o IMEI (número de identificação do aparelho), a polícia pode encontrar seu telefone se ele for roubado, devolvendo-o para você.


Funciona assim: depois que você se cadastra, a SDS fica com os seus dados e os do celular registrados no sistema. Quando a PM aborda algum suspeito, pode verificar por um aplicativo, na hora, se o celular foi roubado e quem é o seu verdadeiro dono.

Mas, atenção: o Alerta Celular não é um sistema de rastreamento. Ele serve para ajudar as Polícias Civil e Militar nas investigações e abordagens, recuperando os aparelhos cadastrados.

Para as polícias restituírem cada vez mais celulares, você precisa registrar o Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima e informar o IMEI. Cruzando as informações do BO e do Alerta Celular, fica mais fácil encontrar o seu telefone se ele estiver com algum suspeito de roubo, furto ou receptação.

ANOTE O IMEI - Não sabe qual é o IMEI do seu celular? É só digitar *#06# no seu telefone e anotar o número que aparece na tela. Essa sequência numérica também está impressa na caixa do celular.

Depois, cadastre-se aqui no Alerta Celular e deixe seu aparelho mais seguro.

Avise sua família e seus amigos, compartilhe esta informação!



(Fonte SDS)

Girassol é símbolo de campanha para alertar sobre depressão



Todas as manhãs o girassol parte em busca do sol, seguindo a luminosidade insistentemente, porque precisa dela para crescer e florescer. Mesmo quando o sol está escondido entre as nuvens, a flor gira persistente, apesar da dificuldade, em direção à luz. Em alusão a esse comportamento da natureza, o girassol foi escolhido como símbolo da campanha Na Direção da Vida – Depressão sem Tabu, iniciativa do movimento mundial Setembro Amarelo, que tem o objetivo de abrir o diálogo e alertar a sociedade sobre o tema. 

A campanha conduzida pela Upjohn, uma das divisões de um laboratório farmacêutico focada em doenças crônicas não transmissíveis, em parceria com a Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos (Abrata) e participação do Centro de Valorização à Vida (CVV), trará ações digitais e de rua para combater os estigmas da depressão. O trabalho tem ainda o apoio de músicos, esportistas e influenciadores digitais que já passaram ou passam pelo problema, dividindo suas experiências.

Os usuários de redes sociais serão convidados a postar o ícone do girassol para mostrar que estão dispostos a falar sobre o assunto #depressaosemtabu. Eles também poderão conhecer o site www.depressaosemtabu.com.br, que traz informações sobre o tema e orientações sobre a identificação de comportamentos de risco em pessoas próximas.

Fora da internet, no dia 10 de setembro, Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, um labirinto de dois mil girassóis, com 120 metros quadrados, será montado no Largo da Batata, zona oeste de São Paulo. Quem percorrer o caminho do labirinto acompanhará a jornada do paciente com depressão, desde a dificuldade do diagnóstico até os desafios ao longo do tratamento, como o preconceito ou a sensação de inadequação. A instalação estará aberta das 9h às 18h, até o dia 14. 

“Queremos levar informação às pessoas. Quem visitar o local será convidado a deixar uma mensagem de coragem e apoio aos pacientes. Ao final, essas flores serão recolhidas e doadas para uma organização não governamental, que as transformará em buquês para serem distribuídos a pessoas que estão em tratamento", explicou a neurologista da Upjohn Elizabeth Bilevicius.
Depressão e suicídio

Segundo Elizabeth, para tratar a depressão e evitar o suicídio, o primeiro passo é ver a depressão como uma doença que precisa ser tratada. “Precisamos criar uma atmosfera de confiança para o paciente se sentir à vontade para dizer que tem a doença e legitimar o que ele sente como sintoma de algo que pode ser tratado. Essa é uma forma de encorajar a busca por ajuda adequada, criando um entorno social mais empático e melhor informado para ajudar essa pessoa”, disse. 

De acordo com as informações da Upjohn, mais de 90% dos casos de suicídio estão associados a distúrbios mentais e transtornos do humor. A depressão é o diagnóstico mais frequente, aparecendo em 36% das vítimas. O aumento dos casos entre os mais novos e com prevalência entre os homens faz da depressão a quarta maior causa de suicídio entre jovens no país. Outras doenças que podem ser tratadas, como o alcoolismo, a esquizofrenia e transtornos de personalidade, também afetam esses pacientes e por isso afirma-se que o suicídio pode ser evitado na maioria das vezes. 

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o Brasil é o país com maior percentual de depressão na América Latina, chegando a 5,8% da população, o que corresponde a 12 milhões de brasileiros. A taxa é maior do que o valor global, que é de 4,4%. Igualmente maior do que em outros países, a taxa de suicídio entre adolescentes de 10 a 19 anos aumentou 24% de 2006 a 2015. A cada 46 minutos alguém tira a própria vida no Brasil.

O psiquiatra Teng Chei Tung, coordenador dos Serviços de Pronto-Socorro e Interconsultas do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (HC-USP) e vice-coordenador da Comissão de Emergência Psiquiátrica da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), explicou que a alta incidência entre os jovens está ligada à grande expectativa externa e interna de que eles se comportem como adultos, mesmo sem ter ainda as habilidades de um adulto, e à pressão de que o adolescente seja pleno, potente, competente e reconhecido.

"Então ele faz as coisas, erra e se frustra. Nessas frustrações os jovens podem entrar na depressão. Os preconceitos são os mesmos e são agravados pela desinformação. Para o jovem existe a influência do pensamento de que a saúde mental é só uma questão social, existencial e psicológica", afirmou. 

Teng disse que sentir tristeza é normal e que a frustração sempre traz alguma tristeza passageira, mas é preciso que as pessoas próximas fiquem atentas para perceber quando esse estado já se tornou uma depressão. Segundo ele, a tristeza é algo que gera introspecção, provoca reflexão e crescimento, mas o deprimido fica introspectivo por vários dias e semanas. 

"Um dos parâmetros é quando há sofrimento excessivo e quando começa a causar real prejuízo. Afeta as relações interpessoais, produtividade no trabalho, ou sofrimento individual, ou seja, a pessoa está sofrendo mais do que que precisaria naquela situação. Não é que não pode ter tristeza e emoção, mas isso não pode prejudicar a pessoa a ponto de afetá-la fisicamente", destacou.

Para Teng, a melhor forma de falar sobre a depressão é deixar claro que ela é uma doença que apresenta alterações biológicas e fisiológicas, envolvendo fatores genéticos e estruturais, o que significa que a pessoa nasce com a tendência de desenvolver o quadro depressivo. O tratamento inclui, principalmente, melhorar o estilo de vida. "Quem tem depressão precisa se equilibrar e cuidar da saúde, para não ter de novo a doença", disse o médico.
(Fonte agencia Brasil)