BLOG GARANHUNS ONLINE


 

BLOG GARANHUNS ONLINE

6/recent/ticker-posts 1

GARANHUNS / Famílias em situação de pobreza e extrema pobreza podem ser beneficiadas com o Bolsa Família


_Para adquirir o benefício o interessado deve cumprir alguns requisitos e se inscrever no Cadastro Único_


O Programa Bolsa Família foi criado com o intuito de combater à pobreza/extrema pobreza do país. As famílias beneficiadas recebem uma quantia por mês e são acompanhadas nas áreas de educação e saúde. Em Garanhuns, informações sobre como receber o auxílio devem ser obtidas na Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH).




Para receber a quantia, algumas condições são exigidas. A principal é a renda mensal da família, que é calculada da seguinte forma: valor mensal recebido por todos os moradores, dividido pelo número de pessoas da família. Se a renda mensal por pessoa for de até R$ 89,00 (extrema pobreza), os mesmos entram no programa mesmo se a família não tiver filhos com menos de 17 anos. Se a renda for de R$ 178,00, por pessoa, a entrada acontece com as famílias que têm filhos menores de idade.




Segundo a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, quem se encaixa no perfil exigido precisa seguir algumas etapas também. “A inscrição no Cadastro Único é obrigatória e muito importante, já que através desse cadastro todos os usuários passam a ter acesso aos programas sociais do Governo Federal. É essencial que as famílias mantenham sempre suas informações atualizadas para não perder o benefício”, informa. A inscrição no CadÚnico deve ser realizada nos respectivos Cras em que o beneficiário reside; são eles: Bela Vista, Boa Vista, Heliópolis, Magano, Quilombo e Várzea.




Quem for selecionado para o Programa receberá o Cartão Bolsa Família pelos Correios. Daí em diante, a família precisa cumprir as condições exigidas nas áreas de saúde e educação, como a frequência escolar dos filhos de 6 a 17 anos e o acompanhamento do desenvolvimento das crianças com menos de 7 anos. Mulheres grávidas também devem fazer corretamente o pré-natal.




Postar um comentário

0 Comentários