BLOG GARANHUNS ONLINE


 

BLOG GARANHUNS ONLINE

6/recent/ticker-posts 1

Primeiras semanas de julho apontam para queda no número de casos e óbitos da Covid-19 em Garanhuns

 

_Indicadores também refletem em uma redução na taxa de ocupação dos leitos de UTI e retaguarda  no município_

O município de Garanhuns apresentou uma redução nos indicadores da Covid-19 durante os primeiros quinze dias do mês de julho. O cenário atual evidencia a queda progressiva no número de casos confirmados, taxa de ocupação dos leitos e número de óbitos.


De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica Municipal, atualizados nesta quinta-feira (15), o município registrou 65 óbitos pela doença em maio; além de 35 óbitos no mês de junho. Em julho, até o momento, 2 óbitos pela Covid-19 foram confirmados em Garanhuns.


“Sem dúvidas podemos atribuir a queda nos indicadores ao avanço da vacinação em Garanhuns. Além das medidas restritivas propostas pelo nosso Governo, através dos decretos municipais, que foram de grande importância para chegar a este cenário. Ainda assim não podemos relaxar nas medidas de prevenção; vacina no braço e máscara no rosto são as formas mais eficazes para combater a pandemia”, afirma o prefeito Sivaldo Albino.


O cenário positivo se amplia com a redução no número de casos graves e leves da doença. Durante a semana epidemiológica nº 26, que compreende o intervalo de 27 de junho até 03 de julho, Garanhuns teve 225 casos leves e três casos graves. O número caiu ainda mais durante a semana nº 27, referente ao período de 04 a 10 de julho, onde foram registrados 112 casos leves e dois casos graves.


*Taxa de ocupação dos leitos –* A ocupação dos leitos de retaguarda e UTI também recuou durante os últimos meses. De acordo com dados do Boletim Epidemiológico da Covid-19, nos últimos dias de maio 100% dos leitos de retaguarda e UTI estavam ocupados; inclusive com fila de espera por vagas nos leitos de terapia intensiva. Atualmente, a taxa de ocupação é de 45%, sendo cerca de 25% dos pacientes internados de Garanhuns. Já os leitos de retaguarda estão próximos a 20% da capacidade.

Com informações da Secretaria de Saúde de Garanhuns*


Postar um comentário

0 Comentários