FIG 2018: Daniela Mercury defende atriz trans vetada no festival e beija esposa no palco


Anunciada como atração surpresa da 28ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns, a cantora Daniela Mercury fez do seu show, na noite deste sábado (21), no Palco Dominguinhos, palanque para reflexões sobre o tema-homenagem do festival: Um viva à liberdade. A artista baiana deu discurso em tom de indignação, criticando a censura, o preconceito e a transfobia, ao citar a polêmica envolvendo o cancelamento do espetáculo O evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu, protagonizado pela atriz e mulher trans Renata Carvalho.

Assim que subiu ao palco, a baiana dedicou a apresentação à Renata Carvalho, com quem falou por telefone nos bastidores. Durante interpretação da faixa Nobre Vagabundo, apareceram no telão fotos da artista ao lado da esposa Malu Verçosa. "Não me venha agora com ignorância de conceituar o que é arte e o que não é arte. Censurar uma peça de teatro por convicções religiosas é um absurdo e isso não pode ser permitido. Nossa Constituição não permite isso. A nossa Constituição não é a Bíblia", iniciou Daniela.

Daniela contou que na ligação com Renata, ela afirmou que o espetáculo será encenado em Garanhuns, em um espaço privado, e que a peça será levada para Salvador. "Eu senti vergonha pelos políticos que fazem isso com as pessoas. Antes de qualquer é desumanidade, maldade, ruindade. Desculpem meu amor pelas pessoas, não aceito ninguém maltratando niguém. Ela é Jesus Cristo, sim. Jesus Cristo, eu estou aqui, sou gay, sou lésbica. E daí?". Em seguida, puxou o rock n roll com Tempo perdido, de Renato Russo. 


Em outro momento, Daniela convidou o ator pernambucano Armando Babaioff, que está no ar na novela Segundo sol, para o palco. "Daniela, você é necessária. Censura nunca mais", gritou o artista. Ao final da apresentação, a cantora beijou a esposa Malu Verçosa ao som de O canto da cidade. 

(infor e imagem diário de Pernambuco)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma operação deflagrada pela DEIC culminou no confronto de onze suspeitos de cometer o assalto ao banco Bradesco de Águas Belas, Pernambuco,

Mortos pela polícia são Suspeitos de roubar bancos e até shopping; veja identificação

HOMEM E VÍTIMA DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM GARANHUNS