Proteção social: Abordagens sensibilizam população para minimizar vulnerabilidade em Garanhuns


A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) deu início, nesta semana, a uma série de abordagens sociais à trabalhadores de Garanhuns e região com o objetivo de promover sensibilização quanto à importância da proteção integral de crianças e adolescentes e idosos, principalmente no período do 28° Festival de Inverno (FIG), que será realizado entre os dias 19 a 28 de julho. Na manhã de hoje, foram visitados bares, restaurantes, hotéis e motéis da cidade. Ao longo dos últimos dias, a equipe também realizou ações voltadas para os motoristas e passageiros de transporte alternativo.

Com cunho educativo, a atividade foi coordenada pela agente de abordagem social, Maria Aparecida Barros, com o apoio de técnicos treinados pela Secretaria, e disponibilizou material informativo aos participantes, além de orientações de como proceder em casos de violação de direitos de crianças, adolescentes e idosos. Ao todo, 68 veículos já foram abordados pela equipe.




O intuito é diminuir casos que envolvem situações de violência, como uso de álcool e outras substâncias psicoativas, assédio sexual, trabalho infantil e o número de pessoas em situação de rua. “É um trabalho muito importante, que nos evita constrangimentos principalmente com crianças e adolescentes nesse período de festas”, afirmou Moisés Azevedo, que é proprietário de um dos restaurantes abordados.

A coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Yacy Novaes, ressaltou a importância. “Esse ano tivemos esse olhar especial, voltado para os transportes alternativos. Na conscientização de que as pessoas visitem Garanhuns, mas com responsabilidade, especialmente pautados da proteção integral das crianças e adolescentes. É importante que os pais e responsáveis estejam atentos, portando todos os documentos de identificação, no intuito de evitar algum tipo de situação conflituosa”, concluiu.

Denúncias de tais casos podem ser realizados diretamente ao Creas, que está localizado na rua Poeta Firmino de Santana, n° 126, Centro, ou por meio do telefone: (87) 3762-4225 

(com informações e imagem da SASDH)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sargento que ejaculou em mulher dentro de ônibus é expulso da PM

Começou às 15h desta quarta-feira (14) o depoimento do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

Canibais têm novo julgamento marcado no Recife