Modelo de policiamento desenvolvido no Japão é lançado no Recife


Um novo sistema de policiamento foi lançado nesta segunda (13) no Recife pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE). Desenvolvido pela Agência Nacional de Polícia do Japão, o sistema Koban faz parte do projeto "Nossa Presença, Sua Segurança" e foca no atendimento humanizado à população. A princípio, ele será implantado no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. 

Segundo o tenente-coronel Matos, da Polícia Militar de Pernambuco, 26 policiais vão cobrir uma área de 4 quilômetros nas ruas Bruno Veloso, Barão de Souza Leão, Fernandes Simões Barbosa e avenida Desembargador José Neves. "Os policiais estarão munidos de motos, uma unidade móvel e uma patrulha do bairro. Essa é a grande diferença, eles são policiais que vão estar interagindo com a comunidade, procurando saber as dificuldades encontradas", explicou.

O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, explica a razão da escolha do bairro de Boa Viagem para implantação do primeiro modelo Koban no Estado. "No fim do ano passado, fizemos um laboratório em Boa Viagem e no bairro do Salgado, em Caruaru. Então Boa Viagem foi escolhida tendo em vista que já há uma redução bastante significativa nos números de criminalidade", disse. Ainda segundo o secretário, o modelo de policiamento já existe em estados como Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina.

O termo Koban significa “estrita vigilância local” e é dado à base de apoio da polícia dentro do perímetro estabelecido. No projeto pernambucano, esse posto será uma base móvel de policiamento comunitário instalada nas proximidades da rua Visconde de Jequitinhonha para atendimento ao público. A execução do projeto-piloto será feita pelo 19º Batalhão da PM, que responde pela segurança em todo o bairro de Boa Viagem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HOMEM E VÍTIMA DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM GARANHUNS

Sargento que ejaculou em mulher dentro de ônibus é expulso da PM

Começou às 15h desta quarta-feira (14) o depoimento do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT)