Uma quadrilha armada e com reféns foi surpreendida pela polícia antes de atacar duas agências bancárias da cidade de Milagres, na Região do Cariri, na madrugada desta sexta-feira (7). Houve troca de tiros e 12 pessoas morreram no confronto, de acordo com o prefeito da cidade de Milagres, Lielson Landim. Cinco pessoas da mesma família que moravam na cidade de Serra Talhada, em Pernambuco, incluindo duas crianças, morreram.


Parte da quadrilha conseguiu fugir sem levar nada.A tentativa de roubo aconteceu por volta de 2h15 da madrugada. A Polícia Militar ainda informou que equipes realizam investigações na região com objetivo de identificar e prender o grupo.

Agentes da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense (antigo IML) informaram que dois veículos foram acionados para buscar corpos em Milagres. A Polícia Militar não informou a quantidade de mortos.
Pânico na cidade e tiros por 20 minutos

Segundo o comerciante e agricultor, Mendonça de Santa Helena, a troca de tiros durou cerca de 20 minutos.


“Nunca tinha visto algo parecido. Eu fiquei dentro de casa abaixado e com medo. Ouvi gritaria e pessoas chorando. Foi horrível”, relata o comerciante.

Ainda segundo Mendonça, depois que o grupo fugiu, deu para perceber que, pelo menos, seis pessoas estavam no chão com sangramentos. No início do dia, segundo o comerciante, policiais, que realizam a segurança da cidade, afirmaram que 10 pessoas deram entrada no Hospital Municipal de Milagres, vítimas do tiroteio. Mais tarde, o prefeito informou 12 mortos.
Fonte diara

Nenhum comentário:

Postar um comentário