O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e a Polícia Civil deflagraram na manhã desta quinta-feira (14) a quarta fase da Operação Gênesis nos municípios de Quipapá, Garanhuns, Caruaru e Itaíba



O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e a Polícia Civil deflagraram na manhã desta quinta-feira (14) a quarta fase da Operação Gênesis. A ação objetiva cumprir 16 mandados de prisão e de busca e apreensão nos municípios de Quipapá, Garanhuns, Caruaru e Itaíba contra ex-agentes públicos e empresários que fazem parte de um esquema criminoso que teria desviado R$ 18 milhões da Prefeitura de Quipapá.


"Essa nova etapa da Operação Gênesis é resultado de mais de um ano e meio de investigações. Nossa expectativa é poder prender pessoas que praticam crimes silenciosos, mas que atingem diretamente toda a sociedade", destacou o promotor de Justiça Frederico Magalhães, do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento ao Crime Organizado (Gaeco).


Os alvos da operação são acusados de praticar os crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações que tinham por finalidade desviar recursos públicos por meio da contratação de empresas de fachada pelo município de Quipapá.


O esquema criminoso já tinha sido alvo, em 2018, da segunda fase da Operação Gênesis, quando foram cumpridos mandados de busca e apreensão na sede da Prefeitura de Quipapá e de algumas das empresas.


G1 Caruaru

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IFPE abre mais de 5 mil vagas em cursos técnicos, superiores e de qualificação profissional gratuitos, em Garanhuns e outras cidades de Pernambuco.

Neoenergia abre processo seletivo para Jovem Aprendiz com vagas em Garanhuns e outras cidades de Pernambuco.

Programa de Bolsas de Estudos Universitário oferece vagas ao valor de 300,00 em Garanhuns.