Solenidade realizada nesta quinta-feira (18), no Teatro Luiz Souto Dourado, foi marcada pelo desejo de um FIG de paz e alegria


“Estamos dando inicio ao 29º Festival de Inverno de Garanhuns. Um festival feito com a ajuda de muitos artistas, mas, principalmente, pela presença de vocês, o povo de Pernambuco. Essa é uma das maiores festas da cultura que acontece no país”. Com essas palavras, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, deu início nesta quinta-feira (18) à programação do 29ª Festival de Inverno de Garanhuns. A fala aconteceu durante a solenidade realizada no Teatro Luiz Souto Dourado antes da apresentação do espetáculo “O som e a sílaba”, escrito e dirigido por Miguel Falabela. A abertura contou com a presença de várias autoridades, dentre elas Gilberto Freyre Neto, secretário de Cultura; Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe; e o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis.

Paulo Câmara também reforçou o envolvimento e dedicação do Governo de Pernambuco, em parceria com a Prefeitura de Garanhuns, para a realização do FIG 2019. “Nós planejamos e programamos essa edição do Festival de Inverno de Garanhuns para que tenhamos um belíssimo festival. Uma festa que abrace todas as expressões culturais do nosso estado. Como governador de Pernambuco, me sinto honrado em estar mais uma vez no FIG. Que tenhamos um festival da paz, da alegria e da cultura”.

A solenidade também teve a participação de Dona Geralda Miranda, sobrinha de Jackson do Pandeiro, um dos homenageados do Festival de Inverno de Garanhuns deste ano. “Sou muito grata pela homenagem por essa homenagem que o FIG faz ao meu tio, um homem que lutou para que a música brasileira fosse valorizada”, disse Dona Geralda.

O secretário de Cultura de Pernambuco, Gilberto Freyre Neto, fez questão de enumerar a enorme operação para a realização do Festival. “São mais de 500 funcionários de varias secretarias, em parceria com a Prefeitura de Garanhuns, empenhadas em transformar Garanhuns no centro cultural de todo estado. Um festival que traz na economia uma injeção muito forte. É a partir dele que se estabelece a economia desse território”.

Já Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe, ressaltou que o FIG “não é só o maior festival de cultura por conta dos mais de 20 polos e milhares de artistas envolvidos. Mas também porque valoriza a cultura pernambucana e brasileira. O FIG tem um vetor da cultura porque aqui circularam milhares de artistas. Tem também um viés econômico e hoteleiro, o que faz dele um importante aglutinador de iniciativas turísticas e culturais”.

Izaías Régis, prefeito de Garanhuns, aproveitou para agradecer, em novo do povo de Garanhuns, ao Governo de Pernambuco por mais uma edição do Festival de Inverno na sua cidade. “Quero agradecer a Paulo Câmara pela escolha de Gilberto e Marcelo Canuto para gerir a cultura do nosso estado. O senhor está de parabéns por esse grande evento que teremos em Garanhuns”.

Devido à grande procura pelos ingressos do espetáculo "O Som e a Sílaba", às 19h, o Governo de Pernambuco promoveu uma sessão extra da peça, às 21h30, no Teatro Luís Souto Dourado. As duas sessões, com tradução em libras, contaram com mais de 600 pessoas presentes.

“O som e a sílaba”, escrito e dirigido por Miguel Falabella especialmente para Alessandra Maestrini e Mirna Rubim, retrata a história de Sarah Leighton, uma mulher com diagnóstico de autismo com habilidades musicais e sua relação com Leonor Delis, sua professora de canto. “Muito obrigada pela presença de todas. A gente soube que tinha muita gente esperando é isso fez toda a diferença pra gente. Estamos muito felizes em honrados de estar aqui. Queríamos agradecer ao Governo de Pernambuco pelo convite”, agradeceu Alessandra Maestrini após uma das sessões.


O primeiro dia do FIG teve também na Catedral um Tributo a Luiz Vieira no Polo Catedral, um pernambucano de Caruaru que nos anos 50 e 60 fez sucesso em todo país. O tributo teve a participação de nomes como Altemar Dutra Jr., Claudette Soares e Eliana Pittman, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compre agora aqui com o nosso Parceiro

Três pessoas são detidas com 20,6 kg de maconha em Caruaru



Um casal e um adolescente, de 17 anos, que transportavam 20,6 kg de maconha foram detidos nesta quarta-feira (16), pela Polícia Rodoviária Federal na BR 232, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O veículo utilizado para o transporte do entorpecente possuía registro de roubo e utilizava placas clonadas.
Durante uma fiscalização na rodovia, os policiais deram ordem de parada a um carro, que se evadiu e fugiu em alta velocidade. A equipe realizou o acompanhamento do veículo, que foi abordado no quilômetro 138, próximo ao Sítio Peladas.

Pouco antes da abordagem, um dos passageiros conseguiu fugir e três ocupantes do carro foram detidos. Ao verificar o porta-malas do automóvel, foram encontrados dois sacos contendo diversos tabletes de maconha.

O grupo foi encaminhado junto com o entorpecente à Delegacia de Polícia Civil de Caruaru, que irá investigar o caso.

Rato e flagrado roendo queijo em supermercado


Está circulando nas redes sociais o vídeo produzido por cliente de um supermercado do bairro do Recreio, no Rio de Janeiro. O rato foi visto fazendo a festa em cima de queijos.

O vídeo foi feito no último sábado (12) e mostra o animal andando sobre os queijo e depois roendo uma das embalagens do balcão refrigerado. Revoltados, os clientes acionaram a gerência.

Em nota, o supermercado informou que os produtos do setor envolvido foram recolhidos e devidamente descartados. A empresa também informou que foram realizados procedimentos para garantir a segurança da operação da unidade, onde não foi detectada qualquer infestação, mas a Vigilância Sanitária do Município informou que não foi acionada

PF combate grupo criminoso liderado por presidiários no Maranhão


Por Agência Brasil

Uma organização criminosa especializada em tráfico de armas e drogas é alvo da Operação Intramuros, deflagrada na manhã desta terça-feira (15) em três cidades do Maranhão: São Luís, Imperatriz e Codó. As investigações identificaram líderes de facções que comandavam as ações da quadrilha de dentro dos presídios.

O serviço de inteligência da PF levantou que a organização tinha uma estrutura de comando piramidal com um setor responsável por planejar e realizar tráficos de drogas, armas e outros crimes no Maranhão e em outros estados.

Os policiais federais estão cumprindo 32 mandados de prisão preventiva e 32 de busca e apreensão em endereços dos investigados. As ordens judiciais foram autorizadas pelo juiz Francisco Ronaldo Maciel Oliveira, da 1.ª Vara Criminal de São Luís.

O nome da operação, Intramuros, é uma referência ao fato de algumas lideranças da organização serem presidiários. Os investigados serão indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de armas e organização criminosa.

Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 34 milhões


Por Agencia Brasil

Ninguém acertou o prêmio principal da Mega-Sena e o prêmio estimado pela Caixa Econômica Federal para o próximo concurso é R$ 34 milhões.

As dezenas do concurso 2.197, sorteadas nesta segunda-feira (14), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo, foram as seguintes: 03 - 11 - 29 - 35 - 44 - 57.

A quina saiu para 150 apostas e cada uma vai pagar R$ 20.886,96. A quadra teve 7.727 ganhadores. Eles vão receber, cada um, R$ 579,23.

O concurso 2.198 será realizado na próxima quarta-feira (16). As apostas podem ser feitas até as 19h do dia do sorteio em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa, em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 3,50.