BLOG GARANHUNS ONLINE


 

BLOG GARANHUNS ONLINE

6/recent/ticker-posts

CPRH faz fiscalização para coibir a venda de madeira para fogueiras

cprh

Nesta segunda-feira (22) a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) deflagrou a Operação Fumaça Zero, como objetivo de coibir a venda de lenha para fogueiras. A ação, desenvolvida em conjunto com policiais da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma), atende recomendações de autoridades da área de saúde que consideram que a poluição causada pela fumaça pode agravar os problemas respiratórios das pessoas acometidas pela Covid-19, principalmente naquelas que desenvolveram pneumonia viral, pois são mais vulneráveis e correm maiores riscos em decorrência da inalação de fumaças.


Para evitar que a tradição de acender fogueiras durante os festejos juninos, durante os dias 22, 23, 27 e 28 duas equipes da CPRH vão percorrer municípios da Região Metropolita do Recife (RMR) para fiscalizar os locais que vendem lenha para serem usadas nas fogueiras. 

De acordo com a coordenadora de Fiscalização Ambiental da CPRH, Silvana Valdivino, a ação será realizada nos municípios que decretaram a proibição da queima de fogueiras. Ela disse também que quando houver flagrante, a equipe de fiscalização apreenderá o material que estiver sendo comercializado.

Um balancê diferente - Para orientar a população sobre festas juninas diferentes, em decorrência do isolamento social causado pela pandemia do coranavírus, a CPRH publicou o livro digital, “Um balancê diferente”, com um poema alusivo ao momento. A publicação traz animais como personagens que falam em favor de vidas humanas e também comentam sobre o próprio sofrimento: o desabrigo, por conta da derrubada das árvores, a fumaça das fogueiras e dos fogos. Estes, inclusive, provocam barulho que são terror à vida dos animais. Sem fogos de artifícios e sem fogueiras, a alegria das festas juninas pode ser ao sabor das comidas típicas, com o som do forró e a esperança em dias melhores. A publicação pode ser conferida no site da CPRH: www.cprh.pe.org.br.

Postar um comentário

0 Comentários