BLOG GARANHUNS ONLINE


 

999999999999999999999999

BLOG GARANHUNS ONLINE

6/recent/ticker-posts 1

Governo de Pernambuco anuncia programação do 30º Festival de Inverno de Garanhuns, maior evento cultural do País

 

Para marcar três décadas do FIG, serão montados mais de 20 polos e estão sendo contratadas mais de 800 atrações artísticas. Este ano, o evento acontece de 15 a 31 de julho


A programação cultural mais aguardada do Estado está no ar. O Governo de Pernambuco inicia a contagem regressiva para o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), maior evento artístico do País, integralmente realizado com recursos governamentais. Coordenado pela Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), em parceria com a Prefeitura de Garanhuns, a 30ª edição do FIG contará com mais de 20 pólos culturais distribuídos pelo município. Serão mais de 800 atrações artísticas nas mais diversas linguagens: além da programação musical, estão confirmadas ações de literatura, formação, teatro, circo, audiovisual, dança, cultura popular, patrimônio, design, moda, artes visuais, fotografia e artesanato. Confira aqui a programação completa do 30º FIG.

Este ano, o evento conta também com os apoios da Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco (Setur-PE), por meio da Empetur, Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) e Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (Adepe), além da parceria com Sesc-PE e Sebrae-PE.

De 15 a 31 de julho, o público poderá conferir a programação em 24 polos: além da Esplanada onde é montado o Palco Mestre Dominguinhos, o FIG2022 vai oferecer programação gratuita nas praças, nos parques, nos pavilhões, no teatro, na catedral, pelas ruas e em diversos outros espaços da cidade.

Como novidade este ano, serão oferecidas programações especiais e ações descentralizadas nos distritos de Iratama, Miracica e São Pedro, em Garanhuns, além da volta do Polo Castainho, no Quilombo Castainho (Zona Rural do município). Outro local que estreia na 30ª edição do FIG é o Centro de Produção Cultural, Tecnologia e Negócios do Sesc-PE. O espaço recém-inaugurado no município vai receber uma série de atrações das linguagens de teatro, dança, gastronomia e audiovisual, assim como ações de formação e a Plataforma FIG. A expectativa é que o município receba milhares de turistas durante o evento.

A força do FIG está não apenas no entretenimento que promove - shows, concertos, espetáculos, exposições, capacitações, seminários e encontros diversos -, mas também no fato de ser uma vitrine do que de mais atual está sendo produzido pelos artistas nacionais, das mais variadas linguagens da arte.

Segundo Oscar Barreto, secretário Estadual de Cultura, o Governo de Pernambuco está realizando um forte investimento de modelo público de promoção da Cultura para celebrar a edição de número 30 de um dos maiores festivais de cultura e arte do País. “Além de ser um festival importantíssimo para a indústria cultural de Pernambuco, o FIG também movimenta a economia do Nordeste. No campo das artes, estamos garantindo que o FIG seja um território livre para fruição da nossa diversidade, da liberdade criativa e de todas as vivências artísticas e culturais, expressão da nossa própria identidade. Desde a vertente econômica aos valores simbólicos que representam a cultura, Pernambuco terá um evento que movimenta a cadeia produtiva do setor e que traz orgulho para nosso Estado”, declarou o gestor.

De acordo com Severino Pessoa, presidente da Fundarpe, este vai ser o maior e melhor Festival de Inverno de Garanhuns que o Governo de Pernambuco já promoveu. “Um FIG à altura da cultura pernambucana e da cidade de Garanhuns. Vamos poder proporcionar durante os 17 dias algo nunca visto em nosso Estado, com uma programação artística democrática que agregue todas as nossas expressões, abrindo espaço para o que há de novo na produção cultural sem deixar de lado a valorização das tradições populares”, afirmou o presidente.

Para o prefeito de Garanhuns, Sivaldo Albino, o tempo é de celebrar. "Depois de dois anos sem poder realizar grandes eventos, estamos fazendo essa retomada de forma ainda mais grandiosa, comemorando os 30 anos do FIG. Neste contexto, nossa fala inicial não poderia ser diferente, se não de agradecimento, ao secretário de Cultura Oscar Barreto, a todos da Fundarpe e, em especial, ao governador Paulo Câmara; que compreenderam e aceitaram o nosso pleito de ampliar o Festival, para que pudéssemos contemplar três finais de semana, além de aumentar para 25 polos, incrementados com mais de 800 atrações. Vamos poder proporcionar o maior, o melhor e mais intenso Festival de Inverno da história de Garanhuns e de Pernambuco. Agora é a hora de se organizar e vir curtir, de 15 a 31 de julho, o FIG 30 anos. Garanhuns espera vocês de braços abertos", disse ele.

Além da Secretaria de Cultura e Fundarpe, mais de uma dezena secretarias e órgãos estaduais estão envolvidos, como as Secretarias de Defesa Social, Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, Criança e Juventude; Política de Prevenção às Drogas, Turismo, Mulher, Desenvolvimento Urbano e Habitação, Infraestrutura e Recursos Hídricos; Meio Ambiente e Sustentabilidade; Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, DER, Detran e Polícia Científica. Essas instituições governamentais estão levando serviços diversos, garantindo ações efetivas em diversas áreas, como segurança, saúde e infraestrutura. São ações voltadas para apoiar a população e os turistas durante os 17 dias do FIG, garantindo que esse, que é considerado o maior festival multiartístico do Brasil tenha sucesso mais uma vez.

MÚSICA - Na programação musical, o 30º FIG oferece um cardápio variado de nomes como Diogo Nogueira, Xamã, Anavitória, Nando Reis, Martins, Lenine, Spokfrevo Orquestra, Jota Quest, Titãs, Pitty, Duda Beat, Chico César e Geraldo Azevedo, Gal Costa, Banda Sentimentos, Jorge Vercilo, Conde Só Brega, Raphaela Santos, Santana, Dead Fish, Sepultura, Cátia de França, Hamilton de Holanda, Amaro Freitas, Luedji Luna, Adriana Calcanhoto, Bala Desejo, Geraldo Maia, Lucas dos Prazeres, Solange Almeida, Tribo de Jah, Majur, Baco Exu do Blues, Felipe Ret, Mano Walter, César Menori & Fabiano, Marcelo Falcão, Margareth Menezes, Xande de Pilares, Tulipa Ruiz, Fafá de Belém, José Augusto, Juliano Holanda, Banda Eddie, Cordel do Fogo Encantando, Otto e Jorge Du Peixe.

JORNADA DE MCs - Evento que enriquece a grade do Festival de Inverno de Garanhuns desde 2017, a Jornada de MCs reúne cerca de 100 jovens artistas do movimento hip hop. São mulheres e homens das periferias de todo Estado celebrando a cultura hip hop, sob o comando das bases musicais do DJ BIG. Nesta edição do FIG, a produção reservou dois dias no Parque Euclides Dourado, ocupando o Som da Rural nos dias 29 (sexta) e 30 (sábado).

FORMAÇÃO - Em 2022, o FIG resgata seu perfil formador, seu compromisso com a produção do conhecimento e com o papel transformador da cultura na vida das pessoas. Na sua 30ª edição, o Governo de Pernambuco em parceria com o Sesc-PE, a UFAP, Aesga - Casa dos Saberes, a Funase, o Quilombo de Castainho e coletivos indígenas, irá promover seminários, rodas de diálogo, palestras e exposições. Está sendo montada uma grande programação voltada para ações de formação. Além das cerca de 50 oficinas formativas, haverá outras ações como o Seminário Arte, Cultura e Política, previsto para acontecer entre os dias 25 e 29 de julho. O Polo Castainho, no Quilombo Castainho, Zona Rural de Garanhuns, será outro núcleo de iniciativas para a capacitação nas áreas de cultura, educação, cidadania e tecnologia.

PLATAFORMA - Outra proposta que merece destaque é a programação na Plataforma FIG, um espaço que promove a discussão sobre temas como mercado cultural, comunicação, inovação, entre outros temas, sempre trazendo renomadas figuras do segmento da música e da cultura de Pernambuco e do Brasil. Na Plataforma FIG, são oferecidas diversas de mesas redondas, debates e palestras que buscam atrair novas parcerias para impulsionar a cadeia produtiva local.

VIVA TEREZA - No hall da entrada no Sesc, ficará exposto durante todo o festival um conjunto de sete obras de Tereza Costa Rêgo, intitulada Sete Luas de Sangue, numa parceria com a Cepe.

HOMENAGEADOS - Seguindo a tradição de homenagear grandes nomes da cultura pernambucana e nacional, o 30º Festival de Inverno de Garanhuns vai prestar uma série de tributos a artistas e movimentos culturais importantes. Dentre eles, os 30 anos do Movimento Manguebeat; Banda de Pífanos Folclore Verde do Castainho; o bailarino e Patrimônio Vivo do Estado, André Madureira; a atriz Geninha da Rosa Borges, o fundador do Boi da Macuca, Zé da Macuca, os músicos Henrique Annes, Guitinho da Xambá e Paulo Rafael, falecidos recentemente; e a Patrimônio Vivo do Estado, Índia Morena, que terá seu nome estampado na lona de circo do FIG.

PALCO ESTAÇÃO - Outra novidade para este ano é que o Teatro Luiz Souto Dourado vai abrigar o novo Palco Estação, com apresentações musicais intimistas e voltadas para um público máximo de 600 pessoas. Participam desta programação artistas como Adriana Calcanhoto, Cátia de França, Áurea Martins, Cida Moreira, Geraldo Maia, João Fênix, Ocupação Reverbo, Olivia Hime e Francis Hime, PC Silva, e o projeto Desengaiola, com Pedro Miranda, Alfredo Del Penho, João Cavalcanti e Moyses Marques. Em geral, as sessões serão realizadas às 18h, com alguns dias e atrações tendo sessões extras às 12h.

OUTRAS NOVIDADES - Este ano o FIG conta com um grande número de novos parceiros, dentre eles a Adepe, parceria na realização do Armazém das Artes e Negócios, voltado para a comercialização de produtos do artesanato pernambucano. Já a Loja de Moda Autoral de Pernambuco (Mape) também estará presente no Parque Euclides da Cunha, próximo à biblioteca, numa parceria com o Sebrae. A proposta é oferecer ao público uma loja com produtos pernambucanos, além de um espaço formativo e para desfiles de moda.

CULTURA POPULAR - Começando no dia 22 e seguindo até o 31 de julho, último dia do FIG2022, a programação do Polo de Cultura Popular vem com destaques como os Patrimônios Vivos de Pernambuco Mestre Galo Preto, a Troça Cariri Olindense, Clube Elefante de Olinda e Sociedade dos Bacamarteiros do Cabo. Ao todo, 80 atrações das mais diversas expressões da Cultura Popular vão de subir ao palco, que permanece localizado no Centro Comercial de Garanhuns. As apresentações começam a partir das 11h nos dias de semana e nos finais de semana, começam às 10h.

Postar um comentário

0 Comentários