BLOG GARANHUNS ONLINE

http://3.bp.blogspot.com/-ovPE6JcG4fE/X-igV-aNM8I/AAAAAAAAGn0/3NzqsCPb7SAcp5NraHMi3b1pKzP2h068wCK4BGAYYCw/s560/UUUU.png

BLOG GARANHUNS ONLINE

6/recent/ticker-posts 1

Neoenergia Parcela dividas dos clientes de Garanhuns em até 21 vezes no cartão de credito.

Neoenergia Parcela dividas dos clientes de Garanhuns no Agreste de Pernambuco.
                                  
Foto Prefeitura de Garanhuns divulgação.

A Neoenergia Pernambuco está oferecendo condições diferenciadas para os clientes de Garanhuns que possuem débitos com a empresa e gostariam de regularizar a situação, tornando-se adimplentes. A concessionária está parcelando toda a dívida em até 21 parcelas, no cartão de crédito. A ampliação no prazo de pagamento é mais uma facilidade oferecida pela empresa, diante do cenário de dificuldade econômica pela qual o País atravessa. Lembrando que, no parcelamento, os clientes precisam arcar com os juros do próprio cartão.

Para aderir ao parcelamento, a Neoenergia Pernambuco orienta o seguinte passo a passo:

• No site da Neoenergia Pernambuco (www.neoenergiapernambuco.com.br) selecione a opção pagamento com cartão;

• O cliente deverá fazer o cadastro e inserir os dados do cartão de crédito, selecionar a quantidade de parcelas desejadas e clicar em 'pagar com cartão';

• Ao selecionar a quantidade de parcelas, é possível visualizar o valor das parcelas e o total com a inclusão da taxa de juros do cartão.

Em cada uma das Lojas de Atendimento da Neoenergia Pernambuco também haverá um atendente especialmente designado para receber os clientes que desejem aproveitar as vantagens do parcelamento. Caso o cliente não possua o cartão de crédito, ele pode parcelar em 11 vezes, com entrada de 20% do valor.

Para facilitar o recebimento e pagamento das contas, a empresa orienta seus clientes a cadastrarem para receber a conta por e-mail ou WhatsApp, e atualizarem os dados (principalmente e-mail e telefone celular), por meio dos canais online ou do aplicativo no smartphone ou tablet.

Postar um comentário

0 Comentários